Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/36030
Title: Convenção Europeia dos Direitos Humanos: contributo para a proteção das crianças em conflito com a lei
Authors: Casaleiro, Paula 
Keywords: Convenção Europeia dos Direitos Humanos; Tribunal Europeu dos Direitos Humanos; Justiça juvenil; Crianças
Issue Date: 2013
Publisher: Centro de Estudos Sociais
Serial title, monograph or event: e-cadernos CES
Issue: 20
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente artigo desenvolve uma análise do contributo da Convenção Europeia dos Direitos Humanos (CEDH) e do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (TEDH) para a proteção dos direitos das crianças em conflito com a lei. Atentar-se-á, em especial, nos artigos 3.º, 5.º e 6.º da CEDH que têm sido invocados no TEDH, no âmbito de casos de crianças em conflito com a lei e respetiva jurisprudência. Embora a CEDH contenha parcas referências a crianças, alguns dos seus artigos têm sido invocados a favor da defesa e proteção destas. Para além das restrições negativas impostas aos Estados-membros, o TEDH adotou uma interpretação relativista e mais ampla dos artigos 3.º, 5.º e 6.º da CEDH e impôs obrigações positivas aos Estados-membros, em relação aos direitos das crianças em conflito com a lei, apoiando-se noutros instrumentos internacionais, como a Convenção Internacional sobre os Direitos da Criança.
This article analyzes the contribution of the European Convention on Human Rights (ECHR) and of the European Court of Human Rights to the protection of the rights of children in conflict with the law. More specifically, it discusses Articles 3, 5, and 6 of the ECHR and related jurisprudence of the European Court of Human Rights in cases of children in conflict with the law. Although the ECHR contains few direct references to children’s rights, the European Commission of Human Rights and the European Court of Human Rights have made considerable contributions to the promotion and protection of children’s rights. In cases of children in conflict with the law, alongside the negative restrictions imposed on member states, the European Court of Human Rights adopted a relativist and wider interpretation of Articles 3, 5 and 6 of the ECHR and imposed positive obligations to the member states, drawing namely onthe provisions of the UN Convention on the Rights of the Child (CRC).
URI: http://hdl.handle.net/10316/36030
ISSN: 1647-0737
Other Identifiers: 10.4000/eces.1638
DOI: 10.4000/eces.1638
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Artigos em Revistas Nacionais

Show full item record

Page view(s) 50

370
checked on Mar 31, 2020

Download(s)

152
checked on Mar 31, 2020

Google ScholarTM

Check

Altmetric

Altmetric


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.