Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/35795
Title: Relação entre as variáveis da compaixão e os traços psicopáticos em adolescentes com Perturbação do Comportamento e/ou Perturbação de Oposição e Desafio
Authors: Dias, Adriana Margarida Soares 
Orientador: Rijo, Daniel Maria Bugalho
Keywords: Traços psicopáticos; Auto-compaixão; Compaixão pelo outro; Medo da compaixão; Adolescência
Issue Date: 2016
Serial title, monograph or event: Relação entre as variáveis da compaixão e os traços psicopáticos em adolescentes com Perturbação do Comportamento e/ou Perturbação de Oposição e Desafio
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Este estudo tem como objetivo a classificação e comparação de grupos de adolescentes com Perturbação do Comportamento e/ou com Perturbação de Oposição e Desafio como diagnóstico principal e, com ou sem traços psicopáticos, relativamente às variáveis da compaixão (auto-compaixão, compaixão pelos outros e medo/bloqueio da compaixão). Foi recolhida uma amostra de 99 adolescentes estudantes do 2º ciclo, 3º ciclo e ensino secundário, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 14 e os 18 anos. A maioria dos sujeitos da amostra pertence ao nível socioeconómico baixo. Os resultados deste estudo permitem a definição de três grupos distintos, relativamente à presença de traços psicopáticos: um grupo de menor dimensão (cluster 1) com traços psicopáticos superiores à média; o segundo grupo de maior dimensão (cluster 2) com traços psicopáticos dentro da média; e, o terceiro grupo de dimensão média (cluster 3) com traços psicopáticos inferiores à média. Foram, apenas, reportadas diferenças significativas nas dimensões Traços de frieza e insensibilidade emocional e Impulsividade/Irresponsabilidade do YPI-S, bem como nos fatores Medo da compaixão pelo outro e Medo da compaixão por parte do outro da Fears of Compassion Scale. Foram, de igual forma, reportadas diferenças significativas relativamente ao nível socioeconómico, pelo que rapazes e raparigas não apresentam uma distribuição uniforme pelos diferentes níveis. A compreensão da relação entre os traços psicopáticos e a compaixão em estudos futuros é essencial para percebermos como estes dois constructos se interligam com o objetivo de, posteriormente, poderem ser pensadas diferentes abordagens terapêuticas direcionadas a jovens com problemas de conduta.
The aim of this investigation is the classification and comparison of groups of adolescents with Conduct Disorder and/or Oppositional Defiant Disorder as main diagnosis, and with or without psychopathic traits, relatively to compassion variables (self-compassion, compassion for others and fear of compassion). To proceed with the analysis, a sample of 99 students adolescentes, boys and girls, of the 2nd, 3rd scholar and secondary degree was taken. Ages were between 14 and 18 years old and the overall sample with a low socioeconomic level. Data results define three different groups: one smaller group (cluster 1) characterized for high levels of psychopathic traits; one biggest group (cluster 2) characterized for average levels of psychopathic traits; and the last one medium-sized group (cluster 3) characterized for low levels of psychopathic traits. There were significant differences in the CU traits and Impulsivity/Irresponsability dimensions of YPI-S, as well as Fear of compassion for others and Fear of compassion from others of Fears of Compassion Scale. There were also significant differences between gender and socioeconomic levels, which means that boys and girls are not equally distributed across the different socioeconomic levels. The importance of the analysis of psychopathic traits and compassion in the future scientific literature, is crucial for us to understand which is the relation between this two constructs and, later, for us to think about new therapeutic approaches for adolescents with conduct disorders.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde (Psicologia forense), apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/35795
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE MIP - Adriana Dias - 2016.pdf1.02 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

456
checked on Jun 23, 2021

Download(s) 50

343
checked on Jun 23, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.