Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/35641
Title: A orientação para os objetivos na identidade vocacional e na adaptabilidade de carreira: estudo exploratório com alunos do 10º ano de escolaridade
Authors: Luís, Ângela Patrícia Miguel 
Orientador: Almeida, Ana Cristina Ferreira de
Keywords: Orientação para os objetivos; Identidade vocacional; Adaptabilidade de carreira
Issue Date: 2016
Abstract: A escola desempenha um papel importante no desenvolvimento da identidade do aluno e procura contribuir para a aquisição de recursos que facilitem a adaptação ao mundo profissional. Neste sentido, o presente estudo procurou averiguar se os objetivos que os alunos estabelecem no contexto escolar se relacionam com a identidade vocacional e com a adaptabilidade de carreira. Para tal, utilizou-se a Escala de Padrões Adaptativos de Aprendizagem: Orientação para Objetivos em Contextos de Realização (adaptação portuguesa da versão revista da Personal Achievemntent Goal Orientations de Midgley et. al, 2000), o Padrão Individual de Projectos (PIP-GIDS, adaptação portuguesa do Groningen Identity Development Scale, de Bosma, 1985), e a Escala de Adaptabilidade de Carreira (adaptação portuguesa da Career Adapt-Abilities Scale, de Savickas & Porfeli, 2012). Os resultados obtidos para uma amostra de 81 alunos do 10º ano de escolaridade sugerem correlações positivas da orientação para objetivos de mestria com a adaptabilidade de carreira e com o domínio de exploração da identidade vocacional. A nível da orientação para os objetivos do tipo aproximação, os resultados apontam para a necessidade de se aprofundar a compreensão deste tipo de orientação. Foram ainda verificadas correlações significativas entre a identidade vocacional e a adaptabilidade de carreira
School plays an important role in the development of the student´s identity and contribute to the acquisition of resources that allow him to adapt himself to the professional world. In this sense, the present study tried to examine, whether the students ‘goals set in this context are correlated to the vocational identity and career adaptability. For that we use the Portuguese adaptation of the revised Personal Achievement Goal Orientations of the PALS (Midgley et. al, 2000), the PIP-GIDS (Portuguese adaptation of Groningen Identity Development Scale, Bosma, 1985), and the Portuguese adaptation of the Career Adapt-Abilities Scale (CAAS, Savickas & Porfeli, 2012). The results obtained for a sample of 81 students of the 10th grade suggest positive correlations for mastery goals with career adaptability, and the exploration of vocational identity. For the type of performance-approach goals, the results point to the need to deepen the understanding of this type of goals. We also obtained significant correlations between vocational identity and career adaptability.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia da Educação, Desenvolvimento e Aconselhamento, apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/35641
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE MIP - Ângela Luís - 2016.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

357
checked on May 21, 2019

Download(s) 50

174
checked on May 21, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.