Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/32644
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPaixão, Rui-
dc.contributor.authorNhaga, Jacinira Carlos-
dc.date.accessioned2016-11-02T18:04:20Z-
dc.date.available2016-11-02T18:04:20Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/32644-
dc.descriptionDissertação de mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde (Psicopatologia e Psicoterapias Dinâmicas), apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbrapor
dc.description.abstractRecentemente o fenómeno da gravidez precoce adquiriu o estatuto de problema social e de saúde pública, deixando de ser compreendida como um problema exclusivo da adolescente. Por outro lado, o facto de a gravidez não resultar, na grande maioria dos casos, de um desejo assumido pelas adolescentes e de um projeto de vida estável, interrompendo uma trajetória de vida socialmente esperada e, consequentemente, não ser bem aceite e impedir o desenvolvimento e a estabilidade dos países em desenvolvimento, justifica elevados investimentos na sua prevenção. Neste sentido, desenvolveu-se a presente investigação com o objetivo geral de compreender o fenómeno da gravidez na adolescência no contexto particular da Guiné-Bissau, tomando por base o estudo de algumas histórias de vida de jovens mães guineenses. Baseia-se no referencial metodológico Grounded Theory (GT), não com a finalidade de construir uma verdadeira GT, mas como inspiração na identificação de fenómenos relevantes nas narrativas das participantes, que podem ajudar na compreensão do fenómeno de gravidez precoce. A análise dos dados permitiu o agrupamento dos fenómenos em quatro categorias gerais que serviram como referência na apresentação dos resultados, tendo sido estas denominadas de Contexto, trajetórias e situação residencial, Laços e redes de proteção, Sexualidade, perceção e experiência de gravidez precoce e Planos e expetativas para o futuro. Na base da gravidez adolescente no contexto da Guiné-Bissau encontramos fatores de risco de natureza económica, política e psicossociocultural, que podem ser agrupados em fatores de risco sociais e individuais. Sugerimos estes fatores como possíveis áreas de intervenção na prevenção da ocorrência do fenómeno, mas também na diminuição dos seus impactos negativos.por
dc.description.abstractRecently the phenomenon of premature pregnancy have become a social problem and of the public health, no longer understood as a problem exclusive to teenagers. On one side, the fact of the pregnancy not happen, in majority of the cases, of a wish assumed by the teenagers and of a stable life project, interrupting a social life expected trajectory and, consequently not being well accepted and unable the development and stability of the developing countries, justified high investment in this area. In this sense, we developed this investigation with the main objective of understanding the phenomenon of premature pregnancy in the context of Guinea-Bissau, giving the base studies of the history of the lifestyle of Guinean teenager mothers. In reference to the methodology Grounded Theory (GT), not with the finality of constructing a real GT, but with the inspiration of identifying the phenomenons related to the participants, that can help understand the phenomenon of premature pregnancy. Ananalysis of the data has allowed for a grouping of the phenomenons in four categories that serve has reference in the presentation of the results, this includes the Context, history and residence situation, Bonds and safety nets, Sexuality, perception and experience early pregnancy and Plans and expectations for the future. For teenager pregnancy in the context of Guinea-Bissau we have found risk factors in terms of the economy, political, cultural, social and psychological, that can be grouped in social and individuals risk factors. We suggest these factors as possible areas for the prevention of this occurence, but also in decreasing the negative impacts it possesses.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectGravidez na adolescênciapor
dc.subjectHistóriaspor
dc.subjectGravidez precocepor
dc.subjectGuiné-Bissaupor
dc.subjectmodelo intercultutalpor
dc.subjectGrounded Theorypor
dc.titleHistórias de mães adolescentes na Guiné-Bissau: contributo para a construção de um modelo intercultural da gravidez na adolescênciapor
dc.typemasterThesispor
degois.publication.locationCoimbrapor
degois.publication.titleHistórias de mães adolescentes na Guiné-Bissau: contributo para a construção de um modelo intercultural da gravidez na adolescênciapor
dc.peerreviewedyespor
dc.identifier.tid201446324-
uc.controloAutoridadeSim-
item.languageiso639-1pt-
item.grantfulltextopen-
item.fulltextCom Texto completo-
crisitem.advisor.deptFaculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, Universidade de Coimbra-
crisitem.advisor.researchunitCentre for Social Studies-
crisitem.advisor.parentresearchunitUniversidade de Coimbra-
crisitem.advisor.orcid0000-0002-0369-2829-
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE MIP - Jacinira Carlos Nhaga - 2016.pdf649.48 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s) 10

732
checked on Feb 25, 2020

Download(s) 50

279
checked on Feb 25, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.