Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/31586
Title: Imago mortis. Cultura visual, ekphrasis e retórica da morte no Barroco luso-brasileiro
Authors: Ferreira, Sónia Filipa Silvestre de Deus 
Orientador: Pereira, Paulo Jorge da Silva
Keywords: Morte; Poesia Visual; Emblemática; Barroco luso-brasileiro
Issue Date: 21-Dec-2016
Keywords: Morte; Poesia Visual; Emblemática; Barroco luso-brasileiro
Issue Date: 21-Dec-2016
Citation: FERREIRA, Sónia Filipa Silvestre de Deus - Imago mortis : cultura visual, ekphrasis e retórica da morte no barroco luso-brasileiro. Coimbra : [s.n.], 2016. Tese de doutoramento. Disponível na WWW: http://hdl.handle.net/10316/31586
Abstract: Esta tese parte dos novos pressupostos teóricos e dos instrumentos metodológicos facultados pelo campo de estudos das materialidades da comunicação, da cultura e da literatura. A inovadora abordagem metodológica e científica ao nível dos estudos literários e interartes, que o Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura vem propondo, permitiu o desenvolvimento de uma investigação que analisasse com particular acuidade os fenómenos de interação entre textualidade e visualidade no âmbito do Barroco luso-brasileiro. Por conseguinte, propõe-se estudar o valor semântico e a função expressiva de elementos da materialidade do texto, atentando nomeadamente na forma como se concretiza na superfície de inscrição, bem como os mecanismos que determinam a sua receção e interpretação, e que são inerentes à cultura visual e à produção literária deste período histórico-artístico. De um modo mais concreto, focar-se-ão elementos (tipo)gráficos, icónicos, semânticos, picturais e retórico formais que interferem na experiência cognitiva da leitura. O facto de se adotar uma perspetiva de investigação alicerçada na análise integrada das materialidades da literatura, das artes e da cultura possibilitou retirar um conjunto de inferências que dizem respeito à dimensão comunicativa dos textos e à sua configuração simbólico-expressiva. Neste sentido, foi necessário considerar os aspetos que integram o campo hermenêutico, mas também avaliar o impacto de todos os componentes espetaculares nos sujeitos, procurando convocar para este estudo a noção de “presença”, tal como foi definida por Hans Ulrich Gumbrecht, para analisar igualmente os aspetos do campo não-hermenêutico. Na base desta investigação encontra-se a imago mortis, que se manifesta na materialidade de um largo conjunto de textos, e que desde cedo se estabeleceu, na cultura ocidental, como pilar da antropologia cristã, cumprindo um duplo propósito estético e ético. Partindo da análise da influência que os textos precetivos mais preponderantes no período barroco tiveram sobre os autores que laboraram no espaço luso-brasileiro, pretende-se demonstrar que a relação entre ikon e logos constitui um procedimento lógico-retórico eficiente na concretização das faculdades do engenho e da agudeza. Com este propósito em vista, procurou-se definir um corpus textual em que a visualidade surge associada ao tema da morte, assim como a uma constelação de aspetos temáticos afins. Por essa razão, o horizonte de trabalho abrangerá diversos géneros literários e artísticos, em suporte manuscrito e impresso, com destaque para os textos visuais, a poesia artificiosa e a emblemática, implicando a articulação entre as componentes materiais que integram o “mecanismo do livro”. Como tal, a pesquisa desenvolveu-se dentro de um quadro analítico alargado, que teve forçosamente de considerar a história do livro, da gravura e das técnicas de reprodução, assim como as dimensões estético-literária, histórica, social e cultural que envolvem a produção textual na esfera da laudatio funebris barroca.
This doctoral thesis is based on the new theoretical assumptions and the operational instruments conveyed by the studies in materialities of communication, culture and literature. The innovative methodological and scientific approach regarding the literary and interart studies that the Program of the Advanced Studies in the Materialities of Literature has been proposing allowed the development of a research work centred in the phenomena of interaction between text and visuality in Luso-Brazilian Baroque. This work aims, therefore, to study the semantic value and the expressivity of the elements of the text’s materiality, valuing particularly the way the signs are designed and displayed in the inscription surface, as well as the mechanisms that determine their reception and interpretation, which are inherent to the visual culture and to the literary production of this historical and artistic period. Being more specific, this study gives emphasis to the typographic, iconic, semantic, pictorial, formal and rhetorical elements that interfere in the cognitive experience of reading. The interrelation between materialities of literature, arts and culture enabled me to produce a series of inferences regarding the communicative dimension of texts and their expressive and symbolic configuration. Therefore, it was necessary to consider the elements of the non-hermeneutical field other than those from the hermeneutical field, in order to analyse the impact of the spectacular aspects in the individuals and the performative dimension of the signs, by summoning to this study the concept of “presence” as Hans Ulrich Gumbrecht has defined it. This investigation was based on the imago mortis, a concept reflected in the materiality of a considerable variety of texts, recognized early on as a pillar of Christian anthropology in the Western culture, which carries an aesthetic and also an ethic meaning. Starting from the analysis of the influence of preceptive works on the Baroque authors of the Luso-brazilian perimeter, I demonstrate that the relation between ikon and logos constitutes an efficient logical rhetorical approach in the concretization of the faculties of wit and inventiveness. To this purpose, it was selected a corpus in which visuality and the theme of death, besides a constellation of other parallel themes, were associated. According to these guidelines, the research covered various literary and artistic genres, manuscript and printed, standing out visual texts, poesia artificiosa and Emblematics, considering chiefly the material components that integrate the “book’s mechanism”. The research was developed within a wide framework, which had necessarily to consider the History of book, of engraving and of its reproduction techniques, in addition to the aesthetical, literary, historical, social and cultural dimensions that are related to the laudatio funebris in the Baroque period.
Description: Tese de doutoramento em Materialidades da Literatura, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/31586
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Português - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Imago mortis.pdf45.68 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

314
checked on Aug 19, 2019

Download(s) 10

1,197
checked on Aug 19, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.