Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/31582
Title: Um novo olhar sobre as crianças de Serpa. Nova Abordagem metodológica aplicada em 25 crianças de Serpa Medieval
Authors: Carvalho, Liliana A. Veríssimo 
Orientador: Cunha, Eugénia
Keywords: Não adultos; Serpa Medieval; Diagnose sexual; Perfil biológico
Issue Date: 2012
Citation: CARVALHO, Liliana A. Veríssimo - Um novo olhar sobre as crianças de Serpa. Nova abordagem metodológica aplicada em 25 crianças de Serpa Medieval. Coimbra : [s.n.], 2012. Dissertação de Mestrado em Evolução e Biologia Humanas.
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A estimativa do sexo, em conjunto com a idade são essenciais para o estudo populações ancestrais, quer sejam de natureza biológica, demográfica ou paleopatológica. Contudo, grande parte das investigações de integram não adultos de contextos arqueológicos, não contempla a determinação sexual. A sua falta é fundamentada pela ausência do desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários mas também pela fraca representatividade óssea, pela fraca preservação dos esqueletos juvenis ou pela pouca consistência metodológica. Esta lacuna no diagnóstico, para além de limitar o potencial informativo da amostra, poderá deturpar os resultados obtidos em outros parâmetros biológicos, como a idade à morte. O trabalho que se apresenta de seguida tem como objectivos perceber até que ponto o conhecimento do sexo influencia os resultados de outros parâmetros biológicos e perceber como a sua ausência pode restringir a reconstituição de aspectos da vida de populações passadas. Como em qualquer análise bioarqueológica, pretende-se igualmente que este trabalho contribua para traçar o perfil biológico de um conjunto de crianças de habitaram Serpa Medieval. Para dar cumprimento aos objectivos, focámos a nossa análise em 25 crianças recolhidas em contexto arqueológico, na sequência de uma intervenção de emergência. Esta amostra corresponde a uma população que terá vivido na região da actual Serpa durante os séculos XIII e XVI. Através da uma metodologia métrica aplicada à dentição foi possível determinar o sexo em 23 esqueletos que se distribuem quase equitativamente (10 rapazes e 13 raparigas). Conseguimos igualmente perceber que a ausência do conhecimento do sexo pode realmente perturbar os resultados de outros parâmetros, nomeadamente na estimativa da idade esquelética, e por conseguinte, a reconstrução de padrões de crescimento. A nível do perfil biológico não foram registadas grandes diferenças entre rapazes e raparigas, no entanto em alguns parâmetros analisados, como o desgaste dentário e marcadores de stresse fisiológico, notaram-se algumas distinções que, no seu conjunto, sugerem algum tipo diferenciação entre sexos.
The sexual and age estimation, are essential in the reconstruction of profiles of ancient lives, whether they are biological, demographic or paleopathological. However, a large portion of juveniles studies, from archaeological samples, don’t analyze this specific biological parameter, usually arguing the absence of the absence of secondary sexual characteristics, the poor representation of non-adults, the weak skeletal preservation or weak methodological consistency. This gap on diagnosis restricts, not only the informative potential of the samples, but also can pervert the results obtained in other biological parameters, like the estimation of age at dead. The present work aims to understand how the knowledge of sex influences other biological indicators and understand how its absence restrains the reconstitution of lives of ancient populations. Like in any bioarchaeological analysis, we also want to contribute to reconstitute the biological and cultural features of the children that lived in Medieval Serpa. To accomplish these tasks we focus on 25 children collected in an archaeological context, during an emergency intervention. This sample belongs to a population that lived in the region of actual Serpa during the thirteenth and sixteenth centuries. Through a metrical methodology, applied to the dentition, we were able to determine the sex in 23 skeletons (10 boys and 13 girls). We were also able to understand that the absence of sexual knowledge can really disturb the results of others indicators, namely the skeletal age and consequently, the reconstruction of growing patterns. Within the biological profile weren’t recorded substantial differences between boys and girls, however in few parameters we notice some differences, which together, suggest a kind of differentiation among sexes.
Description: Dissertação de Mestrado em Evolução e Biologia Humanas, apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/31582
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese_Liliana Carvalho.pdf3.22 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

117
checked on Aug 12, 2020

Download(s)

44
checked on Aug 12, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.