Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/31373
Title: Sintomatologia de stress pós-traumático em pessoas com lesões vertebro-medulares
Authors: Barreiras, Liliana Patrícia Marques 
Orientador: Paixão, Rui
Keywords: Lesão medular; Stress pós-traumático; Suporte social; Locus de controlo; Experiências peritraumáticas
Issue Date: 2015
Serial title, monograph or event: Sintomatologia de stress pós-traumático em pessoas com lesões vertebro-medulares
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente estudo visa explorar a relação entre os sintomas de stress pós-traumático e a lesão medular, considerando a eventual influência de variáveis sociodemográficas (sexo, idade, escolaridade, rendimentos), clínicas (quadro clínico, classificação neurológica, tempo de lesão, causa da lesão), psicopatológicas (somatização, obsessões-compulsões, sensibilidade interpessoal, depressão, ansiedade, hostilidade, ansiedade fóbica, ideação paranoide, psicoticismo), das experiências peritraumáticas, do suporte social e do locus de controlo na reabilitação. A amostra é composta por 22 sujeitos com lesão medular em regime de internamento no Centro de Medicina e Reabilitação da Região Centro – Rovisco Pais (CMRRC-RP). Os resultados evidenciam que a idade, a escolaridade, a satisfação com o suporte social (Escala de Satisfação com o Suporte Social) e o locus de controlo (Escala de Locus de Controlo na Reabilitação) funcionam como variáveis dimensionais, com um contributo significativo no desenvolvimento da Perturbação de Stress Pós-traumático.
This study aims to explore the relationship between the symptoms of post-traumatic stress and spinal cord injury, considering the possible influence of sociodemographic variables (gender, age, education, income), clinical (clinical, neurological classification, injury time, cause the injury), psychopathology (somatization, obsession-compulsion, interpersonal sensitivity, depression, anxiety, hostility, phobic anxiety, paranoid ideation, psychoticism), the peritraumatic experiences, social support and locus of control in rehabilitation. The sample consists of 22 individuals with spinal cord injured that are inpatient at the Centro de Medicina e Reabilitação da Região Centro – Rovisco Pais (CMRRC-RP). The results showed that age, education, satisfaction with social support (Satisfaction with Social Support Scale) and the control locus (Locus of Control in Rehabilitation Scale) work as dimensional variables, with a significant contribution in the development of Posttraumatic Stress Disorder.
Description: Dissertação de Mestrado em Psicologia, área de Psicologia Clínica (Psicopatologia e Psicoterapias Dinâmicas), apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/31373
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE MIP Liliana Barreiras 2015.pdf1.27 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 10

715
checked on Jan 22, 2020

Download(s)

147
checked on Jan 22, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.