Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/30962
Title: O contributo das artes plásticas na construção das identidades pós-coloniais em Cabo Verde: Um olhar sobre as obras de Abraão Vicente, Alex da Silva, Nelson Lobo,Tchalê Figueira e Tútu Sousa
Authors: Gregório, Diana Pinheiro 
Orientador: Xavier, Sandra
Sanches, Manuela Ribeiro
Keywords: Antropologia da arte; Teorias pós-coloniais; Artes contemporâneas africanas; Portugal; Cabo Verde
Issue Date: 2015
Citation: GREGÓRIO, Diana Pinheiro - O contributo das artes plásticas na construção das identidades pós-coloniais em Cabo Verde: Um olhar sobre as obras de Abraão Vicente, Alex da Silva, Nelson Lobo,Tchalê Figueira e Tútu Sousa. Coimbra : [s.n.], 2015. Dissertação de Mestrado em Antropologia Social e Cultural
Abstract: A presente dissertação de mestrado em Antropologia Social e Cultural procura refletir sobre o contributo das artes plásticas contemporâneas para a construção das identidades pós-coloniais, através da análise do percurso e das obras dos artistas plásticos caboverdianos Abraão Vicente, Alex da Silva, Nelson Lobo, Tchalê Figueira e Tútu Sousa. Tendo por base as potencialidades da Antropologia e das teorias pós-coloniais para o estudo das artes contemporâneas e vice-versa, a dissertação propõe uma reflexão sobre as leituras que o ocidente faz da produção artística africana, assentes nas ideias redutoras de “exótico” e “autêntico”. Para posteriormente, observar a forma como, as manifestações artísticas contemporâneas podem afirmar-se instrumento de emancipação social, questionando os cânones impostos pelo sistema mundial, integrando (ou não) os seus circuitos da arte contemporânea. A segunda parte da dissertação, apresenta uma etnografia muti-situada sobre a realidade artística cabo-verdiana assente, por um lado, na experiência de trabalho de campo nas ilhas de Santiago e São Vicente e nas sensibilidades recolhidas junto dos artistas plásticos em estudo e, por outro lado, no desenho de uma possível relação entre os percursos pessoais e académicos dos artistas e os circuitos de exposição que integram, assim como da apresentação de um conjunto de considerações sobre os contextos de divulgação e receção das obras de arte, em particular, no contexto português. Em suma, a dissertação espera contribuir para a desconstrução da ideia de um “todo” africano” homogéneo, a partir das dinâmicas que envolvem a criação artística, linguagens e discursos que se movem entre o passado e presente. Uma temporalidade transformada pela memória, pela experiência mas particularmente pelo presente. Uma contemporaneidade que não é afinal, exclusiva do eixo euro-americano, em que os artistas africanos (nos seus países de origem ou na diáspora) contam a existência de várias Áfricas com manifestações culturais e artísticas próprias e distintas entre si.
The present masters dissertation in Social and Cultural Anthropology seeks to reflect on the contribution of the contemporary plastic arts for the construction of postcolonial identities, through the analysis of the path and of the work of cape verdean plastic artists Abraão Vicente, Alex da Silva, Nelson Lobo, Tchalê Figueira and Tútu Sousa. Based on the potential of anthropology and postcolonial theories for the study of contemporary arts and vice versa, the dissertation proposes a reflection on the interpretations that the West does of the African artistic production, established on the reducing ideas of “exotic” and “authentic”, to posteriorly observe the way that the contemporary artistic manifestations can affirm themselves as an instrument of social emancipation, questioning the canons imposed by the world system, integrating (or not) their contemporary art circles. The second part of the dissertation, presents a multi-situated ethnography about the cape verdean artistic reality established, on one side, on the fieldwork experience on the islands of Santiago and São Vicente and on the sensitivities collected from the artists under study and, on the other side, on the sketch of a possible relationship between the personal and academic paths of the artists and the exposition circles that they integrate, as well as the presentation of a set of considerations about the contexts of divulgation and reception of the works of art, in particular, on the Portuguese context. In short, the dissertation expects to contribute for the deconstruction of the idea of a homogeneus “african whole”, from the dynamics than involve the artistic creation, languages and speeches that move between past and present. A temporality transformed by memory, by experience but particularly by present. A contemporaneity that is not after all, exclusive of the euro-american axle, in which the african artists (in their countries or on the diaspora) tell of the existence of many Africas with cultural and artistic manifestations of their own and distinct from one another.
Description: Dissertação de mestrado em Antropologia Social e Cultural, apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/30962
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação MASC Diana Gregório.pdf8.16 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

163
checked on Jul 16, 2019

Download(s) 20

759
checked on Jul 16, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.