Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/30865
Title: Comunidades de macrofungos em bosques de Quercus faginea subsp. broteroi e de Quercus rotundifolia no maciço calcário de Sicó-Alvaiázere
Authors: Pereira, José Miguel 
Orientador: Gonçalves, Teresa
Oliveira, Paulo de
Keywords: Serra de Alvaiázere; Serra de Sicó; Macrofungos; Ecossistemas florestais
Issue Date: 2015
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Os macrofungos desempenham um papel fundamental nos ecossistemas florestais; contudo, durante muito tempo o estudo da sua diversidade em habitats mediterrânicos não acompanhou o desenvolvimento evidenciado no norte da Europa. Nos últimos anos esta diferença tem diminuído consideravelmente e o conhecimento da elevada riqueza e diversidade associada a estes ecossistemas tem vindo a progredir. O presente trabalho pretendeu contribuir para o conhecimento da micoflora de bosques nativos muito pouco explorados. Concretamente, propusemo-nos estudar as comunidades de macrofungos associadas a dois habitats mediterrânicos nativos no maciço calcário de Sicó Alvaiázere e protegidos pela directiva Habitats: os cercais de Quercus faginea subsp. broteroi ou carvalho-português (Habitat 9240) e os azinhais de Quercus rotundifolia ou azinheira (Habitat 9340). A dissertação está organizada da seguinte forma: Na Introdução geral (Cap 1), através de revisão bibliográfica, salienta-se a importância e as dificuldades do estudo da diversidade de macrofungos, bem como a conservação de macrofungos em ecossistemas florestais, e apresenta-se um resumo da investigação realizada em Portugal. A área de estudo (incluída na rede Natura 2000) e os bosques nativos de Quercus faginea subsp. broteroi e de Quercus rotundifolia são alvo de caracterização detalhada. No cap. 2 descrevem-se os materiais e os métodos de amostragem de identificação e de análise dos dados dos macrofungos, bem como dos inventários florísticos e análises dos solos. Os resultados do estudo comparativo de dois métodos de amostragem - método oportunista e o método das parcelas permanentes - são apresentados e discutidos no capítulo 3. Os resultados obtidos são explorados em função da (i) riqueza e diversidade de espécies, (ii) da distribuição de espécies por grupo trófico e substrato de frutificação, (iii) raridade e conspicuidade das espécies, e (iv) composição das comunidades de macrofungos. No cap. 4 descreve-se a estrutura e a composição das comunidades de macrofungos amostradas nos dois tipos de bosque; a riqueza e a diversidade de espécies de cada comunidade. As relações entre as comunidades de plantas e de macrofungos são exploradas e analisadas bem como a influência de variáveis ambientais, espaciais e meteorológicas na presença, abundância e frequência da frutificação dos macrofungos. No cap. 5 apresentam-se as conclusões do trabalho realizado
Macrofungi play a critical role in forest ecosystems but for a long time the study of their diversity in Mediterranean habitats did not follow the development evidenced in northern Europe. In recent years this difference has diminished considerably and the high diversity associated to these ecosystems is starting to become better known. This work was intended as a further contribution to overcome this gap. In this sense, the present work was set out to study the macrofungi communities associated with two native Mediterranean habitats of the massive limestone Sico-Alvaiázere protected by the Habitats Directive: the forests of Quercus faginea subsp. broteroi or Portuguese oak (Habitat 9240) and the forests of Quercus rotundifolia or holm oak (Habitat 9349). This thesis contains 4 substantive chapters followed by conclusions: The general Introduction (Chapter 1) presents a literature review focussing on the importance and difficulties associated to the study of macrofungi diversity as well as its conservation in forest ecosystems. It presents a summary of the macrofungi research conducted in Portugal. The study area (included in the Natura 2000 network) and the native forests of Quercus faginea subsp. broteroi and Quercus rotundifolia are also subject of detailed characterization. Chapter 2 describes materials, sampling and identification methods used throughout this work as well as data analysis, floristic inventories and soil analysis methods. Chapter 3 tests the two sampling methods used in this work: plot-based and opportunistic. We aimed to compare the results in terms of (i) richness and diversity of species, (ii) distribution of species among trophic group and substrate, (iii) rarity and conspicuity and (iv) community composition. The cap. 4 explores the structure and composition of Macrofungi communities associated with the two types of woods as well as the richness and diversity of species in each community. The relationships between plants and macrofungi communities were investigated and analyzed as well as the influence of environmental, spatial and meteorological variables in the presence, abundance and frequency of macrofungi fruiting. Finally, chapter 5 presents the conclusions of this work.
Description: Dissertação de Mestrado em Biodiversidade, apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/30865
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação José Miguel Pereira.pdf3.94 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

158
checked on Jul 8, 2020

Download(s) 50

480
checked on Jul 8, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.