Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/30843
Title: Evolution of spatial cognition in the Homo lineage
Authors: Correia, Maria Ana 
Orientador: Cunha, Eugénia
Carvalho, Susana
Keywords: Cognição Espacial; Desenvolvimento cognitivo; Evolução humana; Instrumentos Líticos
Issue Date: 2013
Citation: CORREIA, Maria Ana - Evolution of Spatial Cognition in the Homo lineage . Coimbra : [s.n.], 2013. Dissertação de Mestrado em Evolução e Biologia Humana.
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Most developmental processes, from the molecular to the cognitive level, have many similarities throughout the animal kingdom. The aim of the present study was to examine the evolution of human spatial cognition by contextualizing it in a developmental cognition framework. In order to achieve this, a thorough literature review on significant research was conducted, including data from primatology, cognitive science, archaeology and human evolution. The literature review yield a framework where important cognitive developments in spatial cognition provided possible cognitive mechanisms/changes that could explain technologies transitions on the archaeological record, namely by integration of metric and categorical information and by evolution of mental rotation. A methodological approach to test this hypothesis on stone tool analysis is proposed, which should be tested on subsequent work. The fascinating result of this literature review consists in suggesting and, to a certain point prove, that ontogenic data can be useful for understanding human cognitive evolution. Further investigation in this field would be required to achieve more conclusive results.
A maior parte dos processos de desenvolvimento, do nível molecular ao nível cognitivo, apresentam muitas semelhanças em todo o do reino animal. O objectivo do presente estudo consistiu em examinar a evolução da cognição espacial humana, contextualizando-a com informação relativa ao desenvolvimento cognitivo. Foi elaborada uma exaustiva revisão da literatura relevante em várias áreas de pesquisa, incluindo a primatologia, a cognição, a arqueologia e a evolução humana. Esta revisão da literatura científica deu origem a um quadro onde se correlacionam importantes desenvolvimentos na cognição espacial, os quais podem ter estado na origem de mecanismos/mudanças cognitivas, nomeadamente a integração de informação métrica e categorial e a evolução de rotação mental. Estas, por sua vez, podem explicar as transições tecnológicas observadas no registo arqueológico. Uma abordagem metodológica é proposta para testar esta hipótese em instrumentos líticos. O principal resultado deste trabalho consiste na constatação, que até certo ponto se comprova, de que os dados de ontogenia podem ser úteis na compreensão dos percursos e conformações da evolução cognitiva humana. Para obter dados mais conclusivos é necessária investigação continuada.
Description: Dissertação de Mestrado em Evolução e Biologia Humana, apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/30843
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese final.pdf1.33 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

100
checked on Jun 3, 2020

Download(s)

38
checked on Jun 3, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.