Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/30820
Title: Population dynamics and productivity of Echinogammarus marinus (Leach) in the Mondego estuary throughout three decades
Authors: Leite, Nuno Januário Figueiredo 
Orientador: Marques, João Carlos
Martins, Irene
Keywords: Echinogammarus marinus; Dinâmica populacional; Factores ambientais; Produtividade
Issue Date: 2011
Citation: LEITE, Nuno Januário Figueiredo - Population dynamics and productivity of Echinogammarus marinus (Leach) in the Mondego estuary throughout three decades . Coimbra : [s.n.], 2011. Dissertação de Mestrado em Ecologia.
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Anfípodes são pequenos crustáceos com uma distribuição ao longo de todos os habitats marinhos e de água doce. Echinogammarus marinus (Amphipoda, Gammaridae) é uma espécie amplamente distribuída ao longo da costa europeia, sendo o estuário do Mondego (costa oeste de Portugal) considerado o limite sul da sua distribuição. Estudos prévios determinaram que E. marinus é a espécie mais abundante nos habitats intertidais rochosos, tendo um papel crucial na organização trófica do estuário do Mondego. A ocorrência de intersexualidade tem sido largamente descrita em crustáceos, incluindo populações de E. marinus do norte da Europa e mais recentemente no estuário do Mondego. Dado que esta anomalia traz custos associados, como fecundidade e fertilidade reduzidas, baixo sucesso no emparelhamento, maturação retardada e oscilações na proporção de machos/fêmeas, um dos objectivos deste trabalho foi determinar as possíveis consequências da intersexualidade para as populações de E. marinus no estuário do Mondego. Tendo em conta a importância desta espécie para a rede trófica, também foram definidos como objectivos: estudar a dinâmica populacional e produção secundária de E. marinus no estuário do Mondego, comparando os resultados com os obtidos em estudos anteriores; determinar os principais factores bióticos e abióticos que contribuíram para a variação espacial e temporal desta espécie. Para tal, foram amostradas mensalmente três populações de Echinogammarus marinus (Pranto, Armazéns e Fontela), desde Abril de 2009 até Março de 2010. A análise estatística dos dados bióticos e abióticos demonstrou que, embora em declínio durante o período de amostragem, as densidades obtidas foram superiores às descritas na década de 90 mas longe das obtidas nos anos 80. Também se verificaram variações espaciais e temporais, com os valores mais altos de densidade a serem VI registados para a população da Fontela durante a primavera. De acordo com os tratamentos estatísticos, a salinidade foi o factor com maior preponderância na variação observada. A incidência de intersexualidade foi considerada insignificante (< 0,1%), sendo, por isso, impossível determinar os seus efeitos nas populações de E. marinus do estuário do Mondego. Foi ainda observado que a actividade sexual e o recrutamento foram contínuos e que a proporção de machos/fêmeas tendeu essencialmente para os machos, o que está de acordo com os resultados do estudo dos anos 90 mas difere do estudo dos anos 80, onde o recrutamento foi descontínuo e a proporção machos/fêmeas tendeu para as fêmeas. Os valores de produção obtidos também foram superiores aos registados nos anos 90 mas inferiores aos obtidos no estudo dos anos 80. Tendo em conta os dados obtidos ao longo destas três décadas, o presente estudo contribuiu para avaliação ecológica da evolução das populações de Echinogammarus marinus no estuário do Mondego face a diferentes níveis de perturbação ambiental, fornecendo provas evidentes da progressiva recuperação do sistema desde a implementação de medidas de mitigação.
Amphipods are small crustaceans ubiquitously distributed in all marine and freshwater habitats. Echinogammarus marinus (Amphipoda, Gammaridae) is a widely distributed species throughout the European coast, being the Mondego estuary (west coast of Portugal) its southern limit of distribution. Previous studies have determined that E. marinus is the most abundant species in the intertidal rocky habitats, playing a key role in the trophic organization of the Mondego estuary. Intersexuality incidence has been extensively reported in crustaceans, including northern European populations of E. marinus and more recently in the Mondego estuary. Since this condition has fitness costs, namely lower fecundity and fertility, reduced pairing success, delayed maturation and sex-ratio fluctuations, one of the aims of this work was to access its consequences to the E. marinus population dynamics and productivity on the Mondego estuary. Considering the importance of this species to the trophic network, emphasized by the previous studies, we also aimed to study E. marinus population dynamics and secondary production on the Mondego estuary, comparing the results with the ones obtained in the previous studies, and to access the main biotic and abiotic variables contributing to this species spatial and temporal variation. To do that, three Echinogammarus marinus populations (Pranto, Armazéns and Fontela) were sampled monthly, from April 2009 to March 2010. The statistical analysis on the biotic and abiotic data showed that, although declining during the study period, density values were higher than the ones reported in the 90’s study but still lower than the values from the 80’s study. In addition, spatial and temporal variation was observed, with the highest values being observed in Fontela during spring. According to results, salinity and ammonia were the main envrinomental VIII variables influencing the observed variation. Intersexuality incidence was insignificant (< 0.1%), therefore, we were unable to determine its effects on E. marinus populations. Sexual activity and recruitment were continuous, and a male biased sex-ratio was observed, which was in accordance with the 90’s study but not with the 80’s, where recruitment was discontinuous and females were predominant. Production rates were also higher than in the 90’s study but lower than the ones observed in the 80’s. Considering all data throughout the three decades, this work contributed to understand the evolution of the populations of Echinogammarus marinus on the Mondego estuary relatively to different levels of environmental preasure, providing solid evidence of the system’s recovery since the implementation of mitigation measures.
Description: Dissertação de Mestrado em Ecologia, apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/30820
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese_Final_NL.pdf1.35 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

142
checked on Dec 10, 2019

Download(s)

40
checked on Dec 10, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.