Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/29864
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFreitas, Maria Cristina Vieira de-
dc.contributor.authorPinto, Ana Filipa Amaral-
dc.date.accessioned2015-11-05T23:48:31Z-
dc.date.available2015-11-05T23:48:31Z-
dc.date.issued2015-10-23-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/29864-
dc.descriptionDissertação de Mestrado em Ciência da Informação, apresentada ao Departamento de Filosofia, Comunicação e Informação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbrapor
dc.description.abstractO presente estudo insere-se no âmbito dos arquivos privados e especializados, tendo como objeto o Arquivo Histórico da Santa Casa da Misericórdia de Viseu (SCMV). A dissertação visa recolher contributos para a concretização do estudo orgânico-funcional e do tratamento da informação depositada no arquivo histórico da instituição, tendo como objetivos específicos: identificar os traços principais da evolução histórica da SCMV e caraterizar, de forma geral, os núcleos documentais predominantes no seu arquivo; identificar as Misericórdias com arquivo constituído e saber se foram alvo de tratamento arquivístico e respetivas intervenções; analisar os Compromissos da Misericórdia de Viseu, desde o seu início até à atualidade, de modo a recolher contributos para a concretização do estudo do seu contexto orgânico-funcional; descrever a SCMV, enquanto detentora de acervos arquivísticos, de modo normalizado e segundo as regras nacionais e internacionais aconselhadas. A abordagem metodológica utilizada foi o estudo de caso qualitativo. Os métodos e técnicas usados foram a pesquisa bibliográfica e documental, a observação direta, o inquérito à distância por diversos meios e a análise documental. Os principais resultados indicam que a SCMV possui um importante acervo arquivístico e que os seus núcleos documentais são similares aos de instituições congéneres; que o número de arquivos constituídos das Misericórdias portuguesas (100; 32%) e tratados (65; 73%) são relativamente reduzidos, se comparado com o número de instituições existentes (386). Verificou-se, igualmente, que a realização do estudo aprofundado dos diversos Compromissos da Misericórdia viseense é o ponto essencial para o correto conhecimento da produção documental remanescente no seu arquivo e, consequentemente, o primeiro passo para atingir a correta organização desse arquivo e a descrição do seu conteúdo informacional. Por último, conclui-se que foi possível descrever a SCMV enquanto entidade detentora de arquivo, segundo as regras nacionais e internacionais aconselhadas. Como recomendação principal, destaca-se a pertinência de continuar a organizar a documentação de valor histórico da Misericórdia de Viseu, com vista à descrição normalizada e à disponibilização da informação ao utilizador, potenciando assim o uso e o acesso.por
dc.description.abstractThe following study falls within the private and specialized archives, having as object of study the Historical Archive of the Santa Casa da Misericórdia de Viseu (SCMV). This dissertation aims to collect contributions for the realization of the organic functional study and the handling of the information banked in the historical archive of the institution, having as specific goals: identifying the main traces of the historical evolution of the SCMV and characterizing, in general, the predominant documental centers; identifying the Mercies with a constituted archive and understanding if they have been object of archival treatment and related interventions; analyzing the Compromissos da Misericórdia de Viseu (Compromises of the Mercy of Viseu), from its beginnings to the present day, to collect contributions for the realization of the study of its organic functional context; describing the SCMV, as one that detains archival heritage, in a standard way and according to the advised national and international rules. For the study of the referred archive we resorted to a study methodology of qualitative case. The methods and techniques used were bibliographical and documentary research, direct observation, long-distance surveys throughout different means and documental analysis. The main results indicate that the SCMV possesses an important archival heritage and that its documental centers are similar to those of counterpart institutions; that the number of constituted archives of the Portuguese Mercies (100; 32%) and treated (65; 73%) are fairly low, if compared to the number of existing institutions (386). It was also verified that the realization of the detailed study of the different compromises of the Mercies of Viseu is the fundamental step for the correct understanding of the remaining documentary production in its archive and, consequently, the first step to achieve the correct organization of that archive and description of its informational contents. Finally, it can also be concluded that it was possible to describe the SCMV as an entity bearer of archives, according to the advised national and international rules. As main recommendation, it has to be highlighted the importance of keeping organizing the historical archival documentation of the Misericórdia de Viseu, in view of the standard description and availability of information to the user, enhancing its use and access.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectArquivos privados e especializadospor
dc.subjectSanta Casa da Misericórdia de Viseupor
dc.subjectMisericórdiaspor
dc.subjectEstudo orgânico-funcionalpor
dc.subjectDescrição normalizadapor
dc.titleO Arquivo Histórico da Santa Casa da Misericórdia de Viseu: contributos para o estudo orgânico-funcional e o tratamento da informaçãopor
dc.typemasterThesispor
dc.peerreviewedYespor
dc.identifier.tid201520486-
item.languageiso639-1pt-
item.grantfulltextopen-
item.fulltextCom Texto completo-
Appears in Collections:FLUC Secção de Informação - Teses de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Ana Pinto.pdf2.01 MBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s) 10

824
checked on Oct 16, 2019

Download(s) 5

2,206
checked on Oct 16, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.