Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/29011
Title: Relaciones conceptuales en los tesauros : normativa internacional y aplicación práctica
Other Titles: Relações conceptuais nos tesauros: norma internacional e sua aplicação prática
Authors: Simões, Maria da Graça 
Orientador: Castro, Carmen Caro
Keywords: Tesauro; Relações Semânticas; Linguagem documental; Tesauro, normalização; Indexação, Bibliotecas; Recuperação da informação; Biblioteconomia
Issue Date: 2007
Citation: SIMÕES, Maria da Graça – Relaciones conceptuales en los tesauros : normativa internacional y aplicación prática. Salamanca : [s.n.], 2007. [Consult. Dia Mês Ano]. Tese de mestrado. Disponível na WWW:< >
Abstract: O objectivo principal deste trabalho foi avaliar a estrutura das relações semânticas do tesauro no que se refere à consistência da aplicação dos princípios e teoria postulados na Norma ISO 2788 (ponto 8), com o propósito de determinar o nível de convergência e de divergência entre a teoria postulada na Norma e a sua aplicação nos tesauros. Para dar cumprimento ao objectivo exposto desenhou-se uma estratégia metodológica na qual, por questões de natureza do próprio tema, foram consideradas duas variáveis: os pontos de coincidência e de divergência entre os princípios estipulados na ISO 2788, relativamente aos três tipos de relações analisadas e a sua aplicação nos tesauros considerados (EUROVOC, MACROTHESAURUS OCDE/ONU). Dos resultados da análise comparativa efectuada, concluímos que ambos os tesauros apresentam manifestamente índices percentuais de convergência em relação à aplicação dos princípios e teorias postulados pela Norma relativamente à construção das relações semânticas, sendo que a convergência ultrapassa em todos os casos 75%. Ambos apresentam uma percentagem significativa de relações hierárquicas e associativas, que na maioria também se encontram de acordo com os princípios apresentados na Norma, situando-se a percentagem acima dos 75%. No que diz respeito às relações de equivalência, estas apresentam um manifesto predomínio percentual da variável convergência relativamente à variável divergência, situando-se esta acima dos 95%. Registamos que os tesauros referidos apresentam, nas relações associativas, relações entre termos que, apesar de se situarem nos termos que pertencem a categorias diferentes, não se enquadram em nenhum dos critérios apresentados. No entanto, tal situação não entra em conflito com a própria norma, na medida em que esta no ponto 8.4.4, refere que a tipologia apresentada não contempla todos os casos que se observam na prática. As referidas relações situam-se num índice abaixo dos 15%.
Description: Tese de mestrado em Biblioteconomia, apresentada à Facultad de Traducción y Documentación da Universidade de Salamanca
URI: http://hdl.handle.net/10316/29011
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Informação - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Relações Conceptuais nos Tesauros - Maria da Graça de Melo Simões.pdf146.05 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

429
checked on Sep 17, 2019

Download(s) 50

375
checked on Sep 17, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.