Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/27884
Title: Representações sociais da violência entre parceiros íntimos: estudo exploratório junto de profissionais de saúde : influência do sexo e anos de experiência profissional
Authors: Cruz, Ana Filipa Alves 
Orientador: Carvalho, Madalena de
Keywords: Violência entre parceiros íntimos; Representações sociais
Issue Date: 2014
Keywords: Violência entre parceiros íntimos; Representações sociais
Issue Date: 2014
Abstract: O estudo aqui representado tem como principal objetivo explorar as representações sociais de profissionais de saúde relativamente ao fenómeno da violência entre parceiros íntimos. Para além disso, foi explorada também a relação entre as representações sociais e a vivência da violência. Estes estudos foram realizados com base na influência das variáveis sexo e anos de experiência profissional. Para esta análise recorremos, para além de um questionário sociodemográfico, a mais três instrumentos, dois relativos à legitimação e crenças acerca da violência, Questionário da Violência Conjugal – Histórias (QVC-HIST) e Questionário de Violência Conjugal – Causas, Manutenção e Resolução (QVC-CMR) e um outro, The Revised Conflict Tactics Scale (CTS-2), referente às vivências da violência no namoro, sendo que neste estudo apenas foi avaliada a cronicidade das mesmas. Este estudo contou com uma amostra de 156 sujeitos, sendo 126 do sexo feminino e 30 do sexo masculino. E revelou dados que afirmam a influência da variável sexo nas crenças e legitimação da violência.
The study reported here as the main goal of explore the social representations of the health care professionals relatively to the Intimate Partner Violence. Furthermore, it was also explored the relationship between social representations and the experience of violence itself. These studies were conducted based on the influence of gender and years of professional experience. For this analysis we used, in addition to a sociodemographic questionnaire, three more instruments, two concerning the legitimacy and beliefs about violence, Questionário da Violência Conjugal – Histórias (QVC-HIST) e Questionário de Violência Conjugal – Causas, Manutenção e Resolução (QVC-CMR) and another, The Revised Conflict Tactics Scale (CTS-2), relating to experience of violence in relationships. In this study only the chronicity of this experience was evaluated. This study involved a sample of 156 subjects, 126 females and 30 males. The data revealed the influence of gender on beliefs and legitimation of violence.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia (Sistémica, Saúde e Família), apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/27884
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE - Ana Cruz.pdf658.91 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

139
checked on Aug 20, 2019

Download(s)

91
checked on Aug 20, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.