Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/27337
Title: O papel do autocriticismo e da vergonha no processamento pós-situacional numa população clínica com PAS
Authors: Ferreira, Daniel Seabra 
Orientador: Salvador, Maria do Céu
Keywords: Perturbação de ansiedade social
Issue Date: 24-Jul-2014
Serial title, monograph or event: O papel do autocriticismo e da vergonha no processamento pós-situacional numa população clínica com PAS
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O Processamento Pós-Situacional (também denominado autópsia da situação) constitui-se como um dos fatores de manutenção mais importantes da Perturbação de Ansiedade Social (PAS). O presente estudo pretendeu aferir e validar para a população portuguesa o Questionário de Processamento Pós-Situacional (PEPQ; Fehm, Hoyer, Scheider, Lindemann, & Klushann, 2008). A amostra consistiu em 292 indivíduos (47.90% do género feminino e 52.10% do género masculino). A dimensionalidade revelou-se distinta da original (constituída por 4 fatores – Interferência Cognitiva, Eu Negativo, Passado e Futuro e Evitamento), apresentando 3 fatores: Ruminação Persistente (F1), Ruminação Específica (F2) e Tentativa de controlo (F3). Tanto os diferentes fatores como o total do PEPQ revelaram valores de consistência interna entre bons e muito bons. A estabilidade temporal revelou valores entre razoáveis e bons. Foi ainda estabelecida a validade convergente embora sejam necessários mais estudos para estabelecer a validade discriminante. Relativamente à sensibilidade, o questionário revelou uma boa capacidade discriminativa entre indivíduos da população geral e população clínica com PAS (tanto ao nível do total como dos fatores). Este instrumento mostrou-se útil e fidedigno para a avaliação e investigação clínica deste constructo. Implicações clínicas e limitações foram discutidas.
Post-Event Processing (also called post-mortem) has been seen as one of the most important maintaining factors in Social Anxiety Disorder (SAD).This study propose to assess and validate the Post-Event Processing Questionnaire (PEPQ; Fehm, Hoyer, Scheider, Lindemann, & Klushann, 2008) to the Portuguese population. The present sample was composed by 292 subjects (49.90% women and 52.10% men). The factor analysis revealed 3 factors (different from the original – Cognitive Impairment, Negative Self, Past and Future and Avoidance): Persistent Rumination (F1), Specific Rumination (F2) and Control Attempts (F3). All factors and the total of PEPQ showed good internal consistency. Test-retest reliability showed reasonable and good values. Convergent validity was established but more studies are needed to ascertain discriminant validity. Regarding sensibility, the questionnaire revealed a good discriminant ability between subjects from general population and subjects with SAD (both in total and factors).This measurehas shown to bo a useful and reliable tool both in research and clinical practice. Clinical implications and limitations were discussed.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde (Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e da Saúde), apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/27337
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE - Daniel Seabra.pdf1.3 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

420
checked on Dec 3, 2019

Download(s) 20

575
checked on Dec 3, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.