Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/26167
Title: Gravidez na adolescência em contexto angolano: estudo acerca dos factores de risco e de proteção, em enfoque no funcionamento familiar
Authors: Gembi, Francisco Tito Geraldo 
Orientador: Major, Sofia de Oliveira
Sotero, Luciana
Keywords: Gravidez na adolescência; Funcionamento familiar
Issue Date: 2012
Serial title, monograph or event: Gravidez na adolescência em contexto angolano: estudo acerca dos factores de risco e de proteção, em enfoque no funcionamento familiar
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A gravidez na adolescência é entendida com um momento de profundas mudanças físicas, psicológicas e sociais na vida da adolescente e da sua família. O presente estudo tem como objetivo geral estudar os fatores de risco e de proteção associados à gravidez na adolescência, com foco no funcionamento familiar, em contexto Angolano. A amostra deste estudo foi contituida por 120 adolescentes, sendo 60 grávidas e 60 não-grávidas, residentes no sul de Angola. O protocolo de avaliação envolveu o Questionário Sociodemográfico, o Questionário de Recolha de Dados acerca da Grávida e a versão portuguesa do Systemic Clinical Outcome and Routine Evaluation-15 (SCORE-15; Fay et al., in press; tradução portuguesa: Relvas, Vilaça, Sotero, Cunha, & Portugal, 2010). As conclusões do estudo apontam para a existência de diferenças estatisticamente significativas no que concerne a diversos fatores de risco e de proteção entre os dois grupos de adolescentes (e.g., escolaridade, consumo de drogas e álcool, número de parceiros). Neste sentido, os resultados alcançados vão de encontro à literatura, com as grávidas adolescentes a demonstrarem maior vulnerabilidade e pior funcionamento familiar (avaliado através do SCORE- 15) do que as adolescentes sem história de gravidez. Este estudo pretende assim representar um primeiro passo para a realização de mais estudos nesta área no contexto Angolano.
Teenage pregnancy is seen as a time of profound physical, psychological and social changes in teenage and family’s life. The present study aims to study the risk and protective factors associated with teenage pregnancy, focusing on family functioning, in Angolan context. The sample was constituted by 120 adolescents, 60 pregnant and 60 non-pregnant women, residents in southern Angola. The assessment protocol involved a Sociodemographic Questionnaire, a Questionnaire to collect Data about the Pregnancy and the Portuguese version of the on the Systemic and Clinical Outcome Routine Evaluation-15 (SCORE-15; Fay et al., in press; Portuguese translation: Relvas, Vilaça, Sotero, Cunha, & Portugal, 2010). The findings indicate the existence of statistically significant differences with regard to several risk and protective factors between both teenage groups (e.g., educational level, drugs and alcool habits, number of partners). Thus, results are in agreement with the literature, with pregnant adolescents showing greater vulnerability and worse family functioning (assessed by the SCORE-15) than adolescents without a history of pregnancy. This study pretends to represent a first step for more studies in this area for Angolan context.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica (Sistémica, Saúde e Família) apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/26167
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
F. Gembi.pdf502.21 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 5

1,337
checked on Oct 14, 2021

Download(s)

107
checked on Oct 14, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.