Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/26106
Title: Efeito antiarrítmico das estatinas em doentes com miocardiopatia dilatada não-isquémica portadores de cardioversor-desfibrilhador implantável
Authors: Mendes, Maria Beatriz Soares 
Orientador: Monteiro, Pedro
Jorge, Elisabete
Keywords: Doenças do miocárdio; Inibidores das hidroximetilglutaril-CoA redutases; Antiarrítmicos; Cardioversão eléctrica; Desfibriladores implantáveis
Issue Date: Jan-2013
Abstract: Introdução e objectivos: Alguns estudos sugerem que as estatinas estão associadas a uma redução do risco de arritmias ventriculares (AV), maioritariamente em doentes com miocardiopatia de origem isquémica. É desconhecido o seu impacto em doentes com miocardiopatia dilatada não-isquémica (MCDNI). Este estudo propôs-se a determinar a influência das estatinas na incidência de eventos disrrítmicos em doentes com MCDNI, portadores de cardioversor-desfibrilhador implantável (CDI). Métodos: Realizou-se um estudo retrospectivo em 68 doentes com MCDNI, portadores de CDI. Durante o período de estudo, 45 doentes mantiveram estatinas (Grupo A) e 23 doentes não (Grupo B). Foi avaliada a associação entre a terapêutica com estatinas e as seguintes variáveis: número de episódios de taquicardia ventricular mantida (TVm) e não mantida (TVnm) e de fibrilhação ventricular (FV) e número de choques apropriados de CDI. Avaliaram-se ainda os desfechos compostos de [TVnm+TVm+FV], [TVnm+TVm] e [TVm+FV]. Resultados: Não se encontraram diferenças estatisticamente significativas entre os dois grupos relativamente ao número de eventos disrrítmicos ou de choques apropriados de CDI. No grupo A, houve uma menor proporção de doentes que apresentaram episódios de TVm (22,2% vs 34,8%; OR 0,536; p=0,267), o desfecho composto de [TVnm+TVm+FV] (40,0% vs 47,8%; OR 0,727; p=0,537) e que receberam choques apropriados de CDI (20,0% vs 26,1%; OR 0,708; p=0,567), sem, no entanto, atingir a significância estatística. Conclusões: O presente estudo não demonstrou relação entre a terapêutica com estatinas e a ocorrência de AV ou de choques apropriados de CDI numa população de doentes com MCDNI portadores de CDI.
URI: http://hdl.handle.net/10316/26106
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Show full item record

Page view(s) 20

488
checked on Dec 3, 2019

Download(s)

106
checked on Dec 3, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.