Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/26082
Title: Avaliação da actividade anti-inflamatória de Cymbopogon citratus (DC) Stapf. em modelos in vivo de inflamação crónica
Authors: Pereira, Rita Francisca de Vasconcelos Rodrigues 
Orientador: Figueiredo, Isabel Vitória
Castel-Branco, Maria Margarida
Keywords: Cymbopogon citratus (DC) Stapf.; Processo inflamatório crónico; Citocinas; Etnomedicina
Issue Date: 2013
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A inflamação crónica, fortemente associada a várias doenças da actualidade, afecta drasticamente a qualidade de vida de uma grande parte da população mundial. Actualmente, o tratamento de tais patologias prende-se com terapêuticas aliadas a várias limitações, entre as quais graves efeitos secundários. Com o intuito de ultrapassar essas adversidades, a procura de compostos de origem natural, com potencial terapêutico e reduzidos efeitos secundários, tem sido incessante. O infuso de Cymbopogon citratus (DC) Stapf., espécie com grande distribuição geográfica, tem sido amplamente usado pela medicina tradicional no tratamento de diversas patologias, entre as quais condições inflamatórias. Contudo, pouco conhecimento existe ainda sobre as suas reais acções terapêuticas, e subsequentes mecanismos de acção. Este trabalho surge, deste modo, com o objectivo de investigar o efeito do extracto aquoso de C. citratus (livre de óleo essencial) num processo inflamatório crónico. Para tal, o estudo utilizou um modelo in vivo desse processo induzido pelo método de cotton pellet (cotton pellet-induced granuloma), realizado em ratos Wistar machos. Este modelo foi tratado com o extracto de C. citratus por um período de cinco dias, após o qual se procedeu à análise do efeito imunomodelador. O procedimento referido também foi utilizado para os controlos do estudo (indometacina, 1 mg/Kg; dexametasona, 2,5 mg/Kg; veículo). As relações percentuais de citocinas IL-1α, IL-1β, IL-2, IL-4, IL-6, IL-10, IL-12, IL-13, IFN-γ, TNF-α, GM-FEC e RANTES, no foco inflamatório crónico, foram comparadas entre os grupos teste e controlo negativo pela técnica de ELISA. O C. citratus reduziu a expressão da maioria dos elementos proteicos próinflamatórios analisados, à excepção das isoformas da IL-1. O efeito nas citocinas antiinflamatórias foi igualmente uma redução, embora não se tenha verificado uma diminuição tão acentuada como a que se verificou para a indometacina. Daqui pode concluir-se que, de facto, o extracto aquoso de C. citratus possui um efeito imunomodelador e um maior efeito protector em comparação com os AINES, evidenciando, por isso, uma possível actividade anti-inflamatória crónica. Além disso, os resultados da análise histológica efectuada não evidenciaram qualquer citotoxicidade associada à administração da toma crónica.Os resultados obtidos no presente estudo constituem, deste modo, fortes indicadores de efeito terapêutico do Cymbopogon citratus (DC) Stapf. no que toca a desordens inflamatórias de carácter crónico, edificando, desta forma, uma base a futuros estudos que possam confirmar totalmente a propriedade originalmente descrita pela etnomedicina.
Today, chronic inflammation is strongly linked to several diseases that dramatically affect a large portion of the world population’s life quality. Currently, treatment of these pathologies relates to therapeutic coupled to several limitations, including severe side effects. In order to overcome these adversities, the exploration for natural compounds with therapeutic potential and reduced side effects, has been unremitting. Cymbopogon citratus (DC) Stapf. leaves infusion, species with wide geographic distribution, is used in traditional medicine for the treatment of several diseases, including inflammatory conditions. However, there is little knowledge about the real therapeutic actions and mechanisms of the species. Therefore, the aim of this study is to investigate the effect of essential oil-free infusion of C. citratus in chronic inflammatory process. For this, we used an in vivo model of chronic inflammation by cotton pellet-induced granuloma, in male Wistar rats. This model was treated with aqueous extract of C. citratus for five days. After this, we examined the immunomodulatory effect of this vegetal specimen on granuloma. The above procedure also used for controls (indomethacin 1 mg/Kg; dexamethasone, 2.5 mg/Kg; vehicle). The relationship of IL-1α, IL-1β, IL-2, IL-4, IL-6, IL-10, IL-12, IL-13, IFN-γ, TNF-α, GM-CSF and RANTES in granuloma were performed by comparison between test group and negative control using the ELISA technique. C. citratus inhibited the most of cytokines, with exception of IL-1’s isoforms. The effect on anti-inflammatory cytokines was also reduced. Although the reduction, the effect was lower than indomethacin’s effect. This supports the immunomodulatory and protective effect of oil-free infusion of C. citratus compared with NSAIDs. And, so it evidenced the chronic anti-inflammatory properties. Furthermore, histological analysis’s results showed that the extract was not found to be cytotoxic in chronic doses. The results of this study are strong indicators of therapeutic effect of Cymbopogon citratus (DC) Stapf., in chronic inflammatory diseases and it may become a basis for future studies in order to confirm this property, described originally by folk medicine.
Description: Dissertação de mestrado em Bioquímica, apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: https://hdl.handle.net/10316/26082
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Rita Pereira MSc Thesis.pdf3.16 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

325
checked on Feb 20, 2024

Download(s)

132
checked on Feb 20, 2024

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.