Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/25917
Title: Medo de avaliação negativa e comportamentos agressivos: o ansioso agressivo : contributo para a validação da escala de medo de avaliação negativa : versão reduzida e específica
Authors: Correia, Luísa Maria Morais 
Orientador: Rijo, Daniel Maria Bugalho
Vagos, Paula
Keywords: Ansiedade social, adolescente; Agressividade, adolescente
Issue Date: 2012
Serial title, monograph or event: Medo de avaliação negativa e comportamentos agressivos: o ansioso agressivo : contributo para a validação da escala de medo de avaliação negativa : versão reduzida e específica
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O objectivo desta dissertação foi o de estudar a relação entre o medo de avaliação negativa e os comportamentos agressivos numa amostra de 518 adolescentes tardios da população geral. Em primeiro lugar, procurou-se validar a escala de Medo de Avaliação Negativa – Específica, na sua versão portuguesa. E, em segundo lugar, constituiu foco deste trabalho estudar as relações entre os constructos referidos. A escala de Medo de Avaliação Negativa (MAN) foi desenvolvida para avaliar a preocupação acerca de poder ser avaliado de forma negativa pelos outros. A sua versão reduzida (12 itens) foi estudada, tendo sido concluído por Rodebaugh e colaboradores (2004, 2011) que a utilização dos 8 itens cotados de forma directa (MAN-Reduzido) seria uma vantagem para a validade do constructo avaliado. No presente trabalho procurou estudar-se a dimensionalidade e as qualidades psicométricas da versão específica do MAN (MAN-Específico). Os resultados obtidos indicam uma solução factorial de um único factor, que explica 62.92% da variância total da escala. O MAN-E apresentou uma consistência interna excelente (α = .92), bem como adequada validade convergente com medidas de ansiedade e evitamento em situações sociais. Estudada também a hipótese de que existem indivíduos com medo de avaliação negativa que se podem comportar de forma agressiva a fim de lidar com os sentimentos decorrentes desse medo, concluiu-se existirem três grupos de sujeitos nesta amostra: os ansiosos sociais típicos, os ansiosos sociais atípicos e os sujeitos normais. As comparações por grupos sugeriram que os três grupos diferem significativamente entre si em todas as variáveis do estudo - medo de avaliação negativa, agressividade e ansiedade social. Tendo em conta o grupo de ansiosos sociais atípicos, os resultados das regressões lineares sugerem que o medo da avaliação negativa é um preditor significativo das dimensões reactivas de agressividade (aberta e relacional) e da agressividade proactiva aberta. Embora preliminares, estes resultados significativos sugerem que um subconjunto de indivíduos com medo de avaliação negativa pode envolver-se em comportamentos agressivos, com o objectivo de regular as suas emoções, para além de proporcionar um instrumento robusto de avaliação do medo de avaliação negativa, adequado para a utilização na clínica e na investigação, adaptado para uma população adolescente e com um tempo curto de aplicação.
The goal of this thesis was to study the relationship between fear of negative evaluation and aggressive behaviors in a sample of 518 late adolescents of the general population. First, we sought to validate the scale of the Fear of Negative Evaluation - Specific, in its Portuguese version. Secondly, the purpose of this work was to study the relationships between this fear and aggressive behaviors. The scale of Fear of Negative Evaluation (FNE) was developed to evaluate the concern about being negativelly evaluated by others. A reduced version (12 items) was studied and it was concluded by Rodebaugh and colleagues (2004, 2011) that the use of 8 items quoted directly (Brief FNE) would be an advantage for the validity of the construct. In the present study we examined the dimensionality and psychometric qualities of the brief and specific version of FNE (SBFNES). The 1-factor solution that emerged explained 62.92% of the total scale variance. The SBFNE-S showed to possess excellent internal consistency (Cronbach’s α of .92) and an adequate convergent validity with measures of anxiety and avoidance in social situations. We also studied the hypothesis that there are individuals with fear of negative evaluation that can behave aggressively in order to deal with the feelings arising from this fear, and it was concluded there are three groups of subjects in this sample: the typical socially anxious individuals, the atypical socially anxious subjects, and the normal individuals. Comparisons by groups suggested that the three groups differ significantly in all variables of the study - fear of negative evaluation, social anxiety and aggression. Looking to the group of atypical socially anxious people, the results of linear regressions suggest that the fear of negative evaluation is a significant predictor of the reactive overt aggression, reactive relational aggression and proactive open aggression. Although preliminary, these results suggest that a significant subset of individuals with a fear of negative evaluation can engage in aggressive behaviors, in order to regulate their emotions, as well as provide a robust instrument for psychological assessment of the fear of negative evaluation, useful in clinical and in research, adapted for adolescents and with a short time of application.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia (Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e da Saúde) apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/25917
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
luisa.pdf653.99 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 5

1,423
checked on Nov 13, 2019

Download(s)

74
checked on Nov 13, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.