Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/25905
Title: Traços de personalidade Borderline: vinculação, separação-individuação e trauma
Authors: Carecho, Inês Ferreira de Brito 
Orientador: Paixão, Rui Alexandre
Keywords: Problemas de personalidade; Trauma; Vinculação; Separação-individuação
Issue Date: 2012
Serial title, monograph or event: Traços de personalidade Borderline: vinculação, separação-individuação e trauma
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente estudo visa estudar a importância das variáveis "experiências traumáticas precoces", "estilo de Vinculação" e "dificuldades na fase de Separação-Individuação" nos traços de Personalidade do tipo Borderline. A amostra, não-clínica, é constituída por 231 sujeitos do ensino superior de Coimbra. Foram utilizados as seguintes questionários: Questionário sobre Traumas na Infância (QUESI), Escala de Vinculação do Adulto (EVA), Separation-Individuation Test of Adolescence (SITA) e Borderline Personality Questionaire (BPQ). Os resultados evidenciam a importância que alguns fatores como o abuso sexual, o abuso emocional e a os estilos de vinculação amedrontados e preocupados detêm em termos dos núcleos sintomáticos da perturbação da personalidade. Sugerem ainda a importância que a ansiedade pode ter em termos do núcleo sintomático borderline, particularmente ao nível de Estados Quase-psicóticos (BPQ). São também encontradas relações significativas para a Ansiedade de Destruição (SITA), Negação de Dependência (SITA) e Procura de Cuidados (SITA) em termos dos traços de personalidade borderline. Estes dados, aos revelarem relações importantes para a compreensão clínica do quadro borderline, podem revelar-se cruciais em termos preventivos e do trabalho terapêutico a desempenhar com pacientes borderline.
The present study aims to study the importance of the variables “early traumatic experiences”, "attachment” and “difficulties in separation-individuation phase" in the features of Borderline Personality type. The sample, non-clinical, consists of 231 subjects in higher education in Coimbra. We used the following questionnaires: Childhood Trauma Questionnaire (QUESI), Adult Attachment Scale (EVA), Separation- Individuation Test of Adolescence (SITA) and Borderline Personality Questionnaire (BPQ). The results show the importance of some factors such as sexual abuse, emotional abuse; and preoccupied and frightened attachment in terms of core symptoms of personality disorder. They also suggest the importance that anxiety may hold in terms of core borderline symptoms, especially at the level of “Quasi-psychotic states” (BPQ). They also found significant relationships between “Anxiety of Destruction” (SITA), “Denial of Dependency” (SITA) and “Search of Care” (SITA) in terms of the traits of borderline personality disorder. These data reveal the important relationships for understanding the clinical borderline context and may prove crucial in terms of preventive and therapeutic work with borderline patients to play.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde (Psicopatologia e Psicoterapias Dinâmicas) apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/25905
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação-Inês.pdf1.35 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 1

1,743
checked on Jan 15, 2020

Download(s)

195
checked on Jan 15, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.