Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/25903
Title: Esquemas precoces mal-adaptativos na adolescência: em torno do modelo de organização esquemática e dos esquemas associados ao comportamento anti-social
Authors: Pinto, Cláudia Cristina da Costa 
Orientador: Rijo, Daniel Maria Bugalho
Keywords: Esquemas mal adaptados precoces; Comportamento anti-social, adolescente
Issue Date: 2012
Serial title, monograph or event: Esquemas precoces mal-adaptativos na adolescência: em torno do modelo de organização esquemática e dos esquemas associados ao comportamento anti-social
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Constituem o presente trabalho duas investigações realizadas, no âmbito da análise e avaliação dos Esquemas Precoces Mal-adaptativos em adolescentes. As quais são aqui apresentadas no formato de artigo científico. No primeiro estudo através de uma AFC, foi testada a qualidade de dois modelos teóricos, o original elaborado por Young e um modelo de organização esquemática alternativo, que consideramos mais representativo do funcionamento esquemático, desenvolvido a partir da experiência clínica com adultos e adolescentes (Rijo et al., 2007). O estudo foi realizado com os dados do Questionário de Esquemas para Adolescentes- QEA (Santos, Rijo, & Pinto Gouveia, 2009), de uma amostra de adolescentes (N=1140). Os resultados mostraram um melhor ajustamento (χ2(134)=5233.05, p<0.001) para um modelo no qual os esquemas são diferenciados qualitativamente, em primários, secundário e processo/ atitudes disfuncionais O segundo estudo consistiu numa análise de uma eventual associação entre a presença destes esquemas precoces mal-adaptativos e o comportamento anti-social, em adolescentes. Para esta análise foram tutilizados os dados do QEA, de uma amostra geral (n= 297) composta por três grupos diferenciados um grupo Não Clínico n=100), um grupo com Perturbação de Oposição (n=97) e um grupo com Perturbação de Conduta (n=100). Verificou-se que, os esquemas Isolamento Social, Privação Emocional, Grandiosidade, Fracasso, Defeito e Dependência emergem associados ao comportamento anti-social nos adolescentes, de modo estatisticamente significativo. Ambos os estudos mostram a pertinência de estudos desta natureza, bem como as importantes implicações para a prática clínica e programas de intervenção que estes possuem.
The present work is composed by two investigations completed in the scope of analysis and evaluation of Early Maladaptative Schema in adolescence. Those are here presented in the form of scientific paper. In the first study, through an AFC, was tested the quality of two theoretical models, the original designed by Young and an alternative schematic organization model, found most representative of the schematic operation, developed from the clinical experience with adults and adolescents (Rijo et al., 2007). The study was conducted with the Young Schema Questionnaire – QEA data (Santos & Rijo, 2009), from an adolescents sample (N=1140). The results showed a better adjustment (χ2(134)=5233.05, p<0.001) to a model in which the schemes are qualitatively set apart in primary, secondary and dysfunctional process/ attitudes. The second study consisted on an analysis of a possible association between the presence of these early maladaptative schemas and the antisocial behaviour in adolescents. For this analysis were used the QEA data, of a general sample (n= 297) composed by three distinct groups: a Non Clinical Group (n=100), an Oppositional Disorder group (n=97) and a Conduct Disorder group (n=100). It was found that, in particular, the Social Undesirability, Emotional Deprivation, Entitlement, Failure, Defectiveness and Dependence schemas emerge associated to antisocial behaviour in adolescents, in a statistically significant way. Both studies stress the importance of this sort of investigations, as well as relevant consequences to the clinical practice and intervention programs they hold.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde (Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e da Saúde) apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: https://hdl.handle.net/10316/25903
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Cláudia Pinto.pdf1.22 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 10

965
checked on May 21, 2024

Download(s)

217
checked on May 21, 2024

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.