Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/25225
Title: Reprogramming strategies for cord blood cd34+ cells with different mitochondria phenotype
Authors: Monteiro, João Luís Cardoso Dias 
Orientador: Neves, Ricardo
Keywords: Sangue do cordão umbelical; Células estaminais
Issue Date: Mar-2013
Citation: Monteiro, João Luís Cardoso Dias - Reprogramming strategies for cord blood cd34+ cells with different mitochondria phenotype. Coimbra, 2013. Tese de Mestradp
Abstract: Células pluripotentes induzidas são uma alternativa importante de forma a evitar o uso de células embrionárias. Ao controlar a remodelação epigenética de uma célula somatica é possível reestabelecer o fenótipo embrionário. Deste modo esta tecnologia (iPSC – induced pluripotent stem cell) poderá ser um grande passo no campo da medicina regenerativa e em monitorização de testes de toxicidade. No entanto a eficiência limitada na geração de iPSC e algumas diferenças em relação ao fenótipo e função comparado com as células estaminais embrionárias (ESCs – embryonic stem cells) são grandes obstáculos aos avanços nesta área. Como a reprogramação cellular depende de vários eventos estocásticos, uma boa estratégia seria a seleção de uma população imatura, como as CD34+ derivadas a partir do sangue do cordão umbilical, uma vez que estas células estão mais próximas da pluripotência do que células diferenciadas. Para seleção de diferentes sub-populações dentro das CD34+ as técnicas tradicionais de sorting requerem a combinação de vários anticorpos, são demoradas e requerem técnicos competentes. De forma a ultrapassar estes problemas exploramos um novo método para selecionar uma população primitiva das células CD34+ do sangue do cordão umbilical baseado na captação de uma sonda mitocondrial TMRM (Tetramethylrhodamine, methyl ester). Nós comparamos as eficiências de reprogramação das populações com elevada e baixa captação de TMRM depois de infeção com um vector lentiviral que continha os 4 factores do Yamanaka. Adicionalmente os níveis de oxigénio durante a reprogramação foram modulados usando hipoxia e antimicina A. Fomos capazes de concluir que a população CD34+ do sangue do cordão umbilical com menor captação do TMRM foi capaz de conseguir atingir melhores eficiências em normoxia e com maior expressão dos genes pluripotentes principais (Oct4, Sox2 e Nanog). Ambas as populações foram caracterizadas fenotipicamente permitindo-nos validar o nosso método de sorting para selecionar células imaturas. Após a reprogramação em hipoxia ambas as populações demonstraram um comportamento similar. No entanto a população com menor captação do TMRM tinha níveis mais elevados de expressão dos genes pluripotentes principais. O tratamento com antimicina A combinado com a hipoxia permitiu-nos não só obter eficiências de reprogramação semelhantes em ambas as populações como também equalizar os níveis de expressão de Oct4, Sox2 e Nanog. Em conclusão, fomos capazes de criar um novo método para selecionar as células CD34+ do sangue do cordão umbilical mais adequadas para estudos de reprogramação reduzindo o número de anticorpos e tempo gasto. Desta forma não só reduzir-se-á a complexidade do método como também permitirá uma redução dos 8 níveis de stress impostos às células e um procedimento de sorting mais eficiente. Adicionalmente existe ainda espaço para melhoramentos futuros usando agentes moduladores como a hipoxia e a antimicina A. Esperamos que o nosso trabalho venha a contribuir para a seleção de uma população celular ideal para reprogramação e desta forma reforçar o processo de reprogramação.
URI: http://hdl.handle.net/10316/25225
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Física - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese Final.pdf3.43 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

207
checked on May 22, 2019

Download(s) 50

347
checked on May 22, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.