Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/25135
Title: Envolvimento de diferentes subpopulações de células T na resposta imune a infecção pelo virus da hepatite C
Authors: Andrade, Silvia Marise de Jesus 
Orientador: Paiva, Artur
Luxo, Paula
Morais, Paula
Keywords: Vírus da hepatite C; Interferão-alfa peguilado e ribavirina; Resposta imune; Linfócitos T; Células NK
Issue Date: 2012
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Resumo A infecção pelo vírus da hepatite C (VHC) é um problema global de saúde pública e uma potencial causa de morbilidade e mortalidade dos doentes. Desde da sua descoberta em 1989, o VHC tem sido reconhecido como uma das principais causas de doença hepática crónica no mundo. O VHC pode escapar às defesas do sistema imunitário, afectando negativamente a resposta imune celular, incluindo a proliferação e activação das células NK, linfócitos T helper (LTh) e linfócitos T citotóxicos (CTL). Esta fuga permite ao vírus estabelecer infecção crónica, e a partir desta altura o seu controlo requer tratamento. A associação do interferão-α peguilado (peg-IFN-α) com ribavirina é o tratamento aprovado, conduzindo à erradicação viral em 42-82% dos doentes infectados com o VHC. Dada a influência da resposta imune no controlo da infecção por VHC e na resposta ao tratamento, o objectivo principal deste trabalho foi caracterizar a resposta imune em doentes com infecção crónica por vírus da hepatite C, antes e ao longo do tratamento. Além disso, também se comparou as respostas imunes nos doentes respondedores à terapia e nos não respondedores, de modo a detectar um biomarcador preditivo da resposta à terapêutica. A resposta imune foi avaliada através de imunofenotipagem recorrendo à citometria de fluxo. Nos doentes com infecção crónica verificou-se alterações na frequência, fenótipo e função dos linfócitos T (LT) e células NK, comparativamente ao grupo controlo. A terapia induziu um aumento da actividade citotóxica e um aumento da produção de citocinas nos LT e nas células NK. Contudo como sabemos a terapia nem sempre é eficaz, sendo necessários mais estudos nesta área de modo a contribuir para o desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas e se possível encontrar um biomarcador preditivo de resposta ao tratamento.
Hepatitis c virus (HCV) infection continues to be a major global health problem and a potential cause of morbidity and mortality of patients. Since its discovery in 1989, HCV has been recognized as a major cause of chronic liver disease worldwide. HCV can escape the immune system defenses, adversely affecting the immune response, including proliferation and activation of NK cells, helper T lymphocytes (Ly Th), and cytotoxic T lymphocytes (CTL). This breakout allows the virus to establish chronic infection, and from this time its control requires treatment. A combination of pegylated interferon-alpha (peg-IFN-α) and the synthetic nucleoside ribavirin is the standard of care for eradication of HCV, leading to eradication of viral 42-82% of patients infected with HCV. Due to the influence of an immune response in the HCV infection control and in the response to treatment, the principal aim of this study was to characterize the immune response in patients with chronic hepatitis C virus before and during treatment. In addition, we compared the immune responses in patients responsive to therapy and in non-responders, in order to detect a biomarker predictive of response to therapy. The immune response was evaluated by the immunophenotyping using flow cytometry. In patients with chronic infection there are changes in frequency, the phenotype and function of T lymphocytes (Ly T) and NK cells, compared to the control group. The therapy induced an increase in cytotoxic activity and an increase in cytokine production in Ly T and NK cell. However as we know the therapy is not always effective, more research is needed in this area to contribute to the development of new therapeutic approaches and if possible to find a predictive biomarker of response to treatment.
Description: Dissertação de mestrado em bioquímica, apresentada ao Departamento Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/25135
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação Silvia Andrade.pdf5.67 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 10

772
checked on Sep 17, 2019

Download(s)

86
checked on Sep 17, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.