Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/22654
Title: O papel da atenção auto focada na fobia social na adolescência: validação da versão portuguesa da Escla de Atenção Auto Focada (SFA) e estudos preliminares
Authors: Fontinho, Andreia Sofia Tomás 
Orientador: Salvador, Maria do Céu
Keywords: Fobia Social; Atenção
Issue Date: 25-Sep-2012
Serial title, monograph or event: O papel da atenção auto focada na fobia social na adolescência : validação da versão portuguesa da Escla de Atenção Auto Focada (SFA) e estudos preliminares
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: De acordo com o modelo de Clark e Wells (1995), a fobia social é exacerbada e mantida por diversos constructos, nomeadamente a atenção auto focada, a ativação fisiológica, os pensamentos automáticos e os comportamentos de segurança. Com o intuito de alargar a compreensão deste modelo cognitivo, o principal objetivo desta dissertação consistiu na análise da influência dos constructos referidos na manutenção da ansiedade social num grupo de adolescentes com fobia social generalizada e, ainda, da relação entre auto focus e atenção externa, comparando um grupo de adolescentes com fobia social generalizada (N=36), um grupo de adolescentes com outras perturbações de ansiedade (N=26) e um grupo de adolescentes sem psicopatologia (N=35). Uma vez que não dispúnhamos de um instrumento adaptado e validado para a população adolescente portuguesa que permitisse avaliar a atenção auto focada numa situação social, a presente dissertação contempla, em primeiro lugar, o estudo da dimensionalidade e das caraterísticas psicométricas da Escala de Atenção Auto Focada (SFA) para adolescentes (Bögels, Alberts, & De Jong, 1996), numa amostra de 260 adolescentes. O questionário revelou ser um instrumento válido e fidedigno na avaliação da atenção auto focada numa situação social. Relativamente ao estudo da relação entre auto focus e atenção externa, os resultados indicaram que as pontuações em ambos os processos atencionais foram mais elevadas no grupo de adolescentes com fobia social generalizada, comparativamente aos restantes grupos em estudo. No estudo do papel da atenção auto focada na ansiedade social, estudos correlacionais indicaram que este fator estava associado à ansiedade social, assim como aos constructos relacionados com esta, nomeadamente ativação fisiológica, pensamentos automáticos e comportamentos de segurança. Além disso, os pensamentos automáticos revelaram ser o principal preditor da atenção auto focada. Finalmente, a atenção auto focada não contribuiu significativamente para a ansiedade social, sendo que foram os comportamentos de segurança que revelaram ter o papel mais saliente
According to the model of Clark and Wells (1995), social phobia is maintained and exacerbated by several constructs, including self focused attention, physiological arousal, automatic thoughts and safety behaviors. In order to extend the understanding of this cognitive model, the main goal of this paper consisted in analyzing the influence of these constructs in the maintenance of social anxiety in a group of adolescents with generalized social phobia, and also the relationship among self focus and external attention, comparing a group of adolescents with generalized social phobia (N=36), a group of adolescents with other anxiety disorder (N=26) and a group of adolescents without psychopathology (N=35). Since there was no instrument adapted and available for portuguese adolescents, this paper also consisted, in the first place, in the study of the dimensionality and psychometric properties of the Self-Focused Attention Scale (SFA) for adolescents (Bögels, Alberts, & De Jong, 1996) in a sample of 260 adolescents. The questionnaire proved to be a valid and reliable tool in the assessment of self focused attention in a social situation. For the study of the relationship among self focused attention and external attention, the results indicate that scores in both attentional processes are higher in adolescents with generalized social phobia, compared to the other study groups. In the study of the role of self focused attention in social anxiety, correlation studies indicated that this factor was associated with social anxiety, as well as to related constructs, including physiological arousal, automatic thoughts and safety behaviors. Furthermore, automatic thoughts were the main predictor of self focused attention. Finally, selffocused attention did not contribute significantly to social an
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica e de Saúde (Intervenções Cognitivo-Comportamentais nas Perturbações Psicológicas e de Saúde) apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/22654
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Andreia.pdf2.41 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 10

818
checked on Dec 10, 2019

Download(s) 50

170
checked on Dec 10, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.