Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/21397
Title: São João da Pesqueira : subsídios para o estudo do território medieval
Authors: Donas-Botto, André Fernando Vaz 
Orientador: Catarino, Helena
Keywords: Vestígio arqueológico -- São João da Pesqueira; São João da Pesqueira -- Idade Média; Achado arqueológico -- São João da Pesqueira
Issue Date: 2012
Citation: DONAS-BOTTO, André Fernando Vaz - São João da Pesqueira : subsídios para o estudo do território medieval. Coimbra : [s.n.], 2012. Dissertação de mestrado
Abstract: Numa área centrada entre as bacias do Távora e Douro, em plena Região Demarcada do Douro e património da UNESCO, está localizado o concelho de São João da Pesqueira. A presente dissertação assenta no estudo do seu território medieval. Tentando centrar a nossa atenção no período da Reconquista, sobretudo em torno do reinado de Fernando Magno, devido à carta de foral concedida por este monarca, propusemo-nos a elaborar uma teoria explicativa do povoamento medieval para este espaço geográfico. O trabalho desenvolvido assentou fundamentalmente em investigação arqueológica, sobretudo no que concerne à Arqueologia Extensiva e suas aplicabilidades. Através do recurso à prospecção arqueológica, prospecção geofísica, da Arqueogeografia, da “Arqueologia da arquitectura” e dos Sistemas de Informação Geográfica foi-nos possível abordar o tipo de exploração e ocupação que este território conheceu durante os tempos mediévicos. Embora o número de sítios arqueológicos inéditos não seja significativo, a relocalização de sítios, já anteriormente identificados por outros investigadores e consequente análise, permitiu retirar algumas conclusões. A continuidade das villae, associadas a uma subsistência assente em comunidades agro-pastoris, parece ter sido o grande fio condutor da organização deste território. A par desta constante, a existência de uma consistente rede viária com uma formação rádio concêntrica, em torno de Paredes da Beira, assim como os numerosos vestígios aí existentes, parecem ser um importante dado para localizar Omina, capital de civitas dos Arabrigenses e consequente paróquia sueva. O eremitério rupestre de São Salvador do Mundo, a aldeia medieval abandonada de Covas, e vestígios pré-românicos no centro histórico de São João da Pesqueira revelaram-se também importantes indicadores de ocupação humana durante a Idade Média neste território. Com uma longa diacronia ocupacional em muitos dos sítios, e perfeita associação à rede viária, o estudo destes locais, nesta dissertação, servirá como mais uma prova que desmente, a cada vez mais abandonada, tese do ermamento do Douro.
In the basin between the Távora and Douro rivers, belonging to the Região Demarcada do Douro and UNESCO heritage, lies the town of São João de Pesqueira. The present thesis is based on the study of its medieval territory. Focusing on the Reconquista period, especially the reign of Fernando Magno, who granted this town its current status, we have decided to offer a theoretical explanation for the geographic location of this medieval settlement. Our investigation is fundamentally based on an archaeological analysis, especially concerning Extensive Archaeology and its applications. Using archaeological and geophysical surveys, landscape archaeology, “architectural archaeology” and Geographic Information System, it was possible to approach the territorial exploitation and occupation during medieval times. Albeit the number of unstudied archaeological sites is not significant, the relocation of sites, previously identified by other investigators and their subsequent analysis, allowed this investigator to come to some conclusions. The continuity of the villae, associated with agriculture and cattle herding based economy, appears to have been the greatest guideline for the organization of this territory. This fact, along with the existence of a systematic roadway built around the settlement of Paredes da Beira and a large number of archaeological remains in the region, seem to be important data regarding the location of Omina, capital of the civitas of the Arabrigenses and the Swabian parish. The São Salvador do Mundo rock-carved hermitage, the abandoned medieval village of Covas and the pre- Romanesque remains located in the historic centre of São João de Pesqueira are, as well, an indicator of the occupation of this territory during the Middle Ages. With an extended occupation in many of these sites and a perfect connection to the roadway network, the study of these locations, in this thesis, is used as yet another proof to discredit the increasingly groundless theory regarding the desertion of the Douro region.
Description: Dissertação de mestrado em Arqueologia e Território (Arqueologia Medieval), apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: https://hdl.handle.net/10316/21397
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
FLUC Secção de Arqueologia - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO André Donas Botto.pdf127.8 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

746
checked on Jun 18, 2024

Download(s) 50

439
checked on Jun 18, 2024

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.