Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/21235
Title: A experiência teatral : a identidade, o conflito e o cómico nas poéticas e nas políticas das configurações artísticas
Authors: Correia, André de Brito 
Orientador: Mendes, José Manuel
Fabiani, Jean-Louis
Issue Date: 26-Oct-2012
Publisher: FEUC
Citation: Correia, André de Brito - A experiência teatral : a identidade, o conflito e o cómico nas poéticas e nas políticas das configurações artísticas. Coimbra, 2012
Abstract: A tese que se apresenta de seguida centra-se sobre as condições nas quais a experiência teatral se constitui como relato sobre a sociedade. O teatro é abordado enquanto performance, representação e pacto singulares, no contexto da relação actor/espectador. Com efeito, trata-se de uma experiência onde se jogam os papéis desempenhados por artistas e público, bem como um conjunto específico de formas de atenção. Tendo por base as questões centrais da identidade, do conflito e do cómico, pretende-se enunciar a maneira pela qual os dramas estéticos evidenciam e comentam os dramas sociais. Para tal, o teatro mobiliza uma série de referências a acontecimentos e a processos históricos e culturais que são objecto de uma transformação particular devido às condições liminares, subjuntivas e criativas inerentes aos eventos teatrais. Estes últimos combinam um mundo simultaneamente performativo e simbólico no qual mergulham os actores e os espectadores em diferentes configurações de actuação, atenção e participação. Quanto às identidades, tratar-se-á de equacionar o modo como seguem curso diversas identificações de cariz cultural, nomeadamente aquelas que se prendem com as lógicas da pertença nacional e religiosa. Abordar-se-á a questão do conflito na medida em que as suas manifestações decorrem da existência – mais ou menos manifesta, mais ou menos latente – de guerras. Estas últimas serão encaradas de uma forma ampla, de modo a se dar conta de como os conflitos mais profundos existem quer enquanto mobilização de violência física, quer enquanto ameaça dessa violência, quer ainda enquanto confrontos de sonhos e imaginários. O cómico será abordado enquanto recurso mobilizado nas performances e ficções contemporâneas e enquanto dimensão da actividade artística onde se reconfigura o papel do espectador enquanto homo ridens. iii Abordar-se-á a experiência teatral tendo em conta o trabalho empírico de observação sociológica referente a diversas criações artísticas apresentadas no Brasil (São Paulo) e em Portugal (Porto), ao longo de um período que se estendeu desde o ano de 2005 ao ano de 2007. Esta tese tem por objectivo evidenciar e problematizar as condições pelas quais o teatro se configura como uma espécie de experimentação destinada a lidar, através de materiais próprios, com as interrogações, hipóteses e formas de analisar a realidade social. Estas dinâmicas mostram-nos como a experiência teatral resulta de um trabalho de apropriação, adopção, adaptação e imaginação culturais tendo como matérias-primas processos sociais, memórias históricas, mitos colectivos e a influência, a competição, a distinção, a colaboração e o cruzamento que o teatro estabelece contemporaneamente com outras formas de ficção e com as lógicas do senso comum.
Description: Tese de doutoramento em Sociologia (Sociologia da Cultura, do Conhecimento e da Comunicação), apresentada á Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales, sob a orientação de José Manuel Oliveira Mendes e Jean-Louis Fabiani .
URI: http://hdl.handle.net/10316/21235
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEUC- Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
tese de Carlos André de Brito Correia.pdf1.89 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

402
checked on Nov 13, 2019

Download(s) 20

857
checked on Nov 13, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.