Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/20817
Title: Caracterização da resposta fisiológica de uma prova de orientação de distância média em atletas de elite nacional : estudo comparativo de uma prova de orientação com e sem compomente de navegação
Authors: Nazário, Bruno José Moita Calafate 
Orientador: Santos, Amândio
Keywords: Orientação
Issue Date: 2003
Abstract: A Orientação é descrita como uma modalidade de corrida entre diferentes pontos de controlo, cuja performance em competição é influenciada pelo tipo de terreno e pela componente de navegação. Deste modo, a análise da resposta fisiológica à competição não pode ser efectuada em laboratório, pelo que tem de ser determinada em situação real. Tendo em conta a especificidade da modalidade, definimos como objectivo do estudo: Caracterizar a resposta fisiológica a uma prova de orientação de distância média, em atletas de elite nacional; Comparar a resposta fisiológica da prova de orientação de distância média e de uma prova de corrida sem a componente de navegação, no mesmo percurso; Identificar a existência de parâmetros antropométricos e fisiológicos característicos dos atletas de alto nível. Recorrendo a uma comissão de peritos, foi traçado um percurso de Orientação de distância média que garantisse, em cada pernada1, várias opções de itinerário; e foi estabelecida a melhor opção de itinerário, pela qual seria realizado o percurso de corrida sem a componente de navegação. Ambos os testes foram aplicados a uma amostra de dez praticantes de Orientação (média de idades 31,2±7,2), seleccionados por representarem os melhores atletas nacionais da modalidade. Na realização de ambos os percursos os atletas utilizaram um analisador de gases portátil, modelo COSMED K4b2, sendo-lhes determinada a concentração de lactato sanguíneo um e cinco minutos após cada teste. Os resultados obtidos demonstram que, em termos médios, os valores durante a prova de Orientação de distância média foram: duração – 26,04 ±2,68 min; VO2 – 59,2 ±4,1 ml.kg-1.min-1; FC – 176±4 bpm; [lactato]1 minuto após – 10,99 ±3,03 mmol.l-1; QR – 0,93 ±0,04; e Economia de corrida – 301,01 ±37,3 ml.kg-1.km-1. Na prova de corrida sem a componente de navegação, os valores médios registados foram: duração – 23,25 ±2,05 min; VO2 – 62,0 ±5,6 ml.kg-1.min-1; FC – 176±3 bpm; [lactato]1 minuto após – 9,40 ±2,32 mmol.l-1; QR – 0,90 ±0,06; e Economia de corrida – 295,1 ±25,9 ml.kg-1.km-1. Em termos de correlações, verificou-se que o tempo realizado na prova de Orientação apresenta uma correlação negativa e significativa com a concentração de 1 Distância que medeia dois pontos de controlo lactato um minuto após o teste (r = -0,659, p<0,05), e positiva e significativa com a economia de corrida (r = 0,775, p<0,05), o que traduz que quanto melhor for o tempo na prova de Orientação mais elevada será a concentração de lactato após o teste e menor será a economia de corrida. Em termos antropométricos, a prega tricipital, a prega subescapular e o grau de desenvolvimento em adiposidade correlacionaram-se positiva e significativamente com o tempo realizado na prova de Orientação, sendo no entanto a soma das pregas tricipital e subescapular que mais fortemente se correlacionou com o tempo realizado na prova de Orientação (r= 0,739, p<0,05). Isto indica-nos que as melhores performances na Orientação estão associadas a um menor grau de adiposidade. Encontraram-se diferenças estatisticamente significativas entre a prova de Orientação e de Corrida, em relação às variáveis, consumo médio de oxigénio absoluto (p<0,01) e relativo (p<0,05), e média do quociente respiratório (p<0,01), verificando-se também uma diferença estatisticamente significativa entre o tempo de execução de ambas as provas. Conclui-se então que a economia de corrida, medida directamente durante a execução da prova de Orientação pela relação entre a informação proveniente do GPS com os dados do analisador de gases portátil, parece ser o indicador fisiológico que melhor distingue os atletas de Orientação de alto nível.
Description: Dissertação de licenciatura apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/20817
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia.pdf2.82 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

206
checked on May 21, 2019

Download(s) 50

348
checked on May 21, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.