Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/20368
Title: Formação de Estruturas Frágeis em soldaduras heterogénas de aluminio e cobre
Authors: Marques, Flávio Daniel Relvas 
Orientador: Rodrigues, Dulce Maria Esteves
Keywords: Soldadura; Compostos intermetálicos
Issue Date: Sep-2010
Citation: MARQUES, Flávio Daniel Relvas - Formação de estruturas frágeis em soldaduras heterogéneas de aluminio e cobre. Coimbra:[s.n.]2010. Dissertação de Mestrado
Serial title, monograph or event: Formação de estruturas frágeis em soldaduras heterogéneas de aluminio e cobre
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente estudo teve por objectivo analisar a influência dos parâmetros do processo, e do posicionamento das chapas relativamente ao sentido de rotação da ferramenta, na formação de compostos intermetálicos frágeis em ligações heterogéneas de Alumínio a Cobre. Os materiais de base utilizados foram chapas com 1 de espessura de alumínio 5083-H111 e cobre DHP. De modo a atingir os objectivos propostos, foi realizada uma análise cuidada das propriedades morfológicas, microestruturais e químicas das soldaduras. O aspecto superficial das soldaduras realizadas foi de qualidade inferior à desejada. Contudo, verificou-se uma evolução da qualidade com a variação da geometria das ferramentas, o que demonstra o papel determinante que este parâmetro possui no aspecto superficial das soldaduras. As soldaduras realizadas com alumínio no lado de avanço da ferramenta demonstraram poucos defeitos internos, baixas durezas e ausência de compostos intermetálicos, o que denota ausência de uma adequada mistura dos materiais de base. As soldaduras realizadas com o cobre no lado de avanço da ferramenta evidenciaram vários defeitos internos, bem como durezas elevadas e presença de compostos intermetálicos, o que resultou numa enorme fragilização das ligações, sobretudo no caso das soldaduras realizadas com a ferramenta de base estriada. Nestas soldaduras, os compostos intermetálicos identificados foram CuAl2 e Cu9Al4. Observou-se que nas estruturas lamelares de tom amarelado existe predominância de Cu9Al4, enquanto nas estruturas mistas homogéneas ocorreu maior formação de CuAl2. Foi notório que, no geral, independentemente do posicionamento relativo dos materiais de base relativamente ao sentido de rotação da ferramenta e da geometria da ferramenta, uma maior razão velocidade de rotação/ velocidade de avanço da ferramenta corresponde à produção de soldaduras caracterizadas por valores de dureza mais elevados.
Description: Dissertação de Mestrado em Engenharia Mecânica apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra
URI: https://hdl.handle.net/10316/20368
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
FCTUC Eng.Mecânica - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Flávio_Marques_2004118712_2010_rf.pdf2.04 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

352
checked on Apr 16, 2024

Download(s)

88
checked on Apr 16, 2024

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.