Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/20054
Title: As Tradições do Pão, Territórios e Desenvolvimento
Authors: Santos, Norberto Pinto dos 
Gama, António 
Keywords: Alimentação; Desenvoilvimento; Tradição
Issue Date: 2011
Publisher: Imprensa da Universidade de Coimbra
Citation: SANTOS, Norberto Pinto dos; GAMA, António - As Tradições do Pão, Territórios e Desenvolvimento. In SANTOS, Norberto; CUNHA, Lúcio, ed. lit. - Trunfos de uma Geografia Activa. Coimbra: IUC, 2011. ISBN 978-989-26-0111-3. p. 273-282
Serial title, monograph or event: Trunfos de uma Geografia Activa
Abstract: A alimentação é um dos meios privilegiados para as sociedades efectuarem trocas de valores, relações identitárias e prazeres. A relação com a alimentação pode considerar-se análoga com a linguagem: ambas parecem “naturais”, obedecem a regras indiscutíveis e inconscientes que são apreendidas desde a infância, no ambiente familiar; tal como a linguagem, a alimentação pode modifi-car-se com a alteração do ambiente e reflectir determinadas situações sociais, económicas e religiosas (Valeri, 1989). A alimentação expressa ainda uma diferenciação de civilizações porque é pela comensalidade que surge a distinção entre o homem civilizado e os bárbaros: o primeiro junta ao alimento do corpo a valorização do espírito através da sociabilidade, algo que os segundos não fazem. Entre os alimentos, o pão tem um papel central, sendo também ele diferenciador de classes e status. Em cada sociedade, a hierarquia dos valores alimentares corresponde, pelo menos em parte, à hierarquia dos grupos sociais. (Valeri, 1989). Contudo o pão foi sempre um alimento que atravessou as diferenças. Foi sempre a base de toda a ordem alimentar para ricos e pobres, tanto em meio rural como urbano, se bem que em algumas épocas, assuma uma centralidade maior devido à dificuldade em aceder a outro tipo de alimentos. Mas o pão, se revela áreas civilizacionais, diz-nos também muito sobre a terra, o clima e o saber/fazer das populações. Produto de civilização através do domínio da arte do fogo, cobre uma variedade de tipos ao sabor do cereal de que é feito, mas também das terras e das gentes que o fazem. É como produto da terra e das suas gentes que o queremos mostrar neste texto.
URI: http://hdl.handle.net/10316/20054
ISBN: 978-989-26-0111-3
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Geografia - Livros e Capítulos de Livros
I&D CEGOT - Livros e Capítulos de Livros
I&D CES - Livros e Capítulos de Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tradições do Pão. TGA Norberto Santos António Gama.pdf581.44 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

450
checked on Nov 6, 2019

Download(s) 20

553
checked on Nov 6, 2019

Google ScholarTM

Check

Altmetric


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.