Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/19199
Title: A participação portuguesa em projectos culturais de dimensão europeia : enquadramento institucional e parcerias transnacionais
Authors: Moreira, Orlanda Maria Oliveira 
Orientador: Ribeiro, Maria Manuela Tavares
Keywords: Projecto cultural; Projectos comunitários -- participação portuguesa
Issue Date: 2011
Citation: MOREIRA, Orlanda Maria Oliveira - A participação portuguesa em projectos culturais de dimensão europeia : enquadramento institucional e parcerias transnacionais. Coimbra : [s.n.], 2011
Abstract: O conceito de cultura europeia é tratado no primeiro capítulo deste trabalho como o resultado da produção de toda uma variedade de bens e serviços. Devemos também considerar o trabalho que um grande número de entidades colectivas e de agentes individuais desenvolvem nesta área. Este estudo procura mostrar que os programas e os planos de acção comunitários favorecem uma crescente aproximação à dimensão interdisciplinar da realidade cultural. Os numerosos projectos têm como fundamentos os modelos e valores culturais europeus. Entre estes destacam-se a democracia, a liberdade, a solidariedade, a tolerância e a cooperação. A diversidade e a riqueza de conteúdos que caracterizam a cultura europeia devem-se em grande parte aos contributos dos povos que numa duração milenar povoaram o continente. As suas migrações aproximaram também a Europa das regiões vizinhas. Actualmente por influência desta tradição a União Europeia valoriza a cooperação com os países terceiros. Entre estes incluem-se a Suíça, a Islândia, a Rússia e a Noruega. Os documentos oficiais revelam o crescente interesse que há cerca de vinte anos passou a existir pelas actividades culturais. Estas transformaram-se numa das áreas de acção a que os Estados-Membros dão uma atenção particular. Os programas comunitários têm sido marcados por uma evolução inicial que os orientou para um apoio sectorial e mais limitado quanto às áreas culturais a que se dirigiam. A partir do ano 2000 este apoio tornou-se mais global. Um único programa podia patrocinar projectos relativos à literatura, às artes plásticas, às artes do espectáculo, ao património, à educação ou à formação profissional. O impacto da aplicação destes programas concretizou-se na organização de parcerias entre instituições e entre Estados, na criação de redes culturais e no aumento da mobilidade dos criadores e operadores. A União é cada vez mais considerada como uma realidade transfronteiriça. Aperfeiçoa-se, assim, o conceito de cidadania europeia tão divulgado por intelectuais como Salvador de Madariaga ou Jean Monnet. Tal como acontece com muitas instituições europeias, também as entidades portuguesas têm colaborado na realização de projectos culturais com características e objectivos muito diversos. Esta cooperação tem sido realizada com maior frequência pelas instituições nacionais não como co-organizadoras mas sobretudo como parceiras. Como exemplos de excepções a esta regra devemos referir os Projectos Euromint e A Soul For Europe em que as nossas entidades exerceram funções de coordenação. No caso português os compromissos de parceria estabeleceram-se preferencialmente como instituições congéneres, a partir de convites ou tendo por base os conhecimentos proporcionados por experiências anteriores.
The concept of European culture is treated in the first chapter of this work as the result of production of a variety of goods and services. We must also consider the work that a large number of legal entities and individual agents develop in this area. This study seeks to show that programs and action plans promote a community approach to increasing interdisciplinary dimension of cultural reality. Beside it, numerous projects that community supports are based in models and European cultural values. Among such are democracy, freedom, solidarity, tolerance and cooperation. The diversity and richness that characterizes European culture are largely due to the contributions of people in ancient time that migrated to the continent. Their migration to Europe also came from neighboring regions. It justify that nowadays we give more importance to the cultural cooperation with European countries that are not Member-States of the European Union. This includes Switzerland, Iceland, Russia and Norway. Official documents show the growing interest that in the last twenty years came into existence about cultural activities. These have become one of the areas of action to which Member-States give special attention. Community programs have been marked by an initial time that led them to support much more limited sectoral and cultural areas that is gone. Since the year 2000 this support has become more global. A single program could sponsor projects relating to literature, visual arts, performing arts, heritage, education or vocational training. The impact of implementation of these programs became a reality in the organization of partnerships between institutions and between States, the creation of cultural networks and increasing the mobility of creators and operators. The European Union is increasingly considered as a reality without frontiers. Promoting so the concept of European citizenship as reported by intellectuals such as Salvador de Madariaga or Jean Monnet. Such as many European institutions, also the Portuguese entities have collaborated in the establishment of cultural projects with very different characteristics and aims. This cooperation has been performed more frequently by national institutions not as co-organizers but rather as partners. As examples of exceptions to this rule we can refer the projects Euromint and A Soul for Europe in which our entities acted as coordinators. In the Portuguese case the partnership commitments set is preferably as similar institutions, or from invites, based on the knowledge provided by previous expediencies.
Description: Dissertação de mestrado em História Contemporânea e Estudos Internacionais Comparativos, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/19199
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de História - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação de Orlanda Moreira.pdf2.04 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

435
checked on Jan 30, 2020

Download(s) 50

369
checked on Jan 30, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.