Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/18517
Title: Auto-regulação e transferência de aprendizagens: um estudo com formandos de curso de educação e formação de jovens
Authors: Oliveira, Gisela Maria Dias Ferreira 
Orientador: Pinheiro, Maria do Rosário
Barreira, Carlos Manuel Folgado
Keywords: Transferência de aprendizagem; Auto-regulação; Formação profissional, jovens
Issue Date: 2011
Citation: OLIVEIRA, Gisela Maria Dias Ferreira - Auto-regulação e transferência de aprendizagens: um estudo com formandos de curso de educação e formação de jovens. Coimbra, 2011
Serial title, monograph or event: Auto-regulação e transferência de aprendizagens:um estudo com formandos de curso de educação e formação de jovens
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente trabalho pretendeu contribuir para o enriquecimento da informação existente sobre transferência de aprendizagens, pelo mapeamento do conceito e pela análise da sua relação com a auto-regulação. Com efeito, pretendeu-se analisar as relações entre auto-regulação e transferência das aprendizagens, e entre estas e variáveis sócio- demográficas e de percurso escolar. A transferência de aprendizagens surge caracterizada como complexa e multidimensional e definida como a capacidade dos formandos aplicarem em diferentes contextos e ao longo do tempo as aprendizagens efectuadas na formação (Baldwin & Ford, 1988; Subedi, 2004; Velada & Caetano, 2007). A auto-regulação, por sua vez, é definida como um processo triádico, composto pela cognição, motivação e comportamento, implicando uma acção activa do indivíduo na selecção, execução e monitorização da sua aprendizagem (Pintrich, 2000; Zimmerman, 2000; Schunk, 2005). A amostra recolhida (N=101) consistiu de jovens, de ambos os sexos, entre os 15 e os 24 anos de idade, frequentadores de Cursos de Educação e Formação de Jovens desenvolvidos pela entidade formadora Índice Consultores e distribuídos pelas regiões Norte, Centro e Alentejo. Os resultados encontrados mostram que a auto-regulação e a transferência de aprendizagens estão moderadamente associadas em certos aspectos específicos, como as Reacções Afectivas ou a Retenção da Formação. As variáveis sócio-demográficas, como a idade ou o sexo, não se mostraram relacionadas nem com a Auto-regulação nem com a Transferência, sendo apenas verificada associação entre a localização geográfica e a transferência de aprendizagens. Quanto às variáveis de percurso escolar, surgiram evidências de relação entre a formação em métodos de estudo e a auto-regulação e ainda entre perfis criados na amostra, designados de percurso escolar e oportunidades de formação e a transferência de aprendizagens, sendo o grupo que nunca deixou de estudar mas que estudou em percursos alternativos que obteve médias superiores nas medidas das Reacções Afectivas, da Transferência da Formação, do Design de Transferência, do Suporte do Formador/Supervisor, da Auto-Eficácia de Desempenho e da Retenção da Formação. O principal contributo do presente trabalho para a temática da transferência de aprendizagens é o alargamento do objecto de estudo à vertente escolar e a elaboração de um novo instrumento de análise da transferência, o QPPTA - Questionário de Percepção do Processo de Transferência de Aprendizagens – versão formandos. Trata-se de um instrumento de análise da percepção de transferência das aprendizagens para utilizar em contexto escolar.
The present study intended to contribute to the enrichment of the available knowledge about learning transfer, through the mapping of that concept and by the study of its relations with self-regulation. In fact, this study analyses the association between learning transfer and self-regulation and, between these and social and educational variables. Learning transfer is defined as complex and multidimensional, implying the individual’s ability to apply what they have learned in training in different contexts and throughout time (Baldwin & Ford, 1988; Subedi, 2004; Velada & Caetano, 2007). Self-regulation, on the other hand, is defined as a three-way process, composed of cognition, motivation and behavior. Selfregulation also implies that individuals are proactive in selecting, implementing and monitoring their learning (Pintrich, 2000; Zimmerman, 2000; Schunk, 2005). The study sample is constituted (N=101) of young adults, both boys and girls, between the ages of 15 and 24, all taking a specific training in Cursos de Educação e Formação de Jovens, developed by Índice Consultores in the North, Center and South of Portugal. Results showed a mild association between learning transfer and self-regulation, occurring only in specific aspects, like Affective Reactions and Training Retention. Variables like age and gender showed no association with results in learning transfer and self-regulation. The only association found with social variables and learning transfer was geographic address. As for educational variables, it was found some relation between training in study methods and self-regulation and between learning transfer and some profiles made by variables then named educational history and training opportunities. In these, the group of students that never quit school but had different educational settings showed higher averages in Affective Reactions, Learning Transfer, Transfer Design, Trainer Support, Self-Efficacy and Training Retention The main contribution of the present body of work to the learning transfer subject is the broadening of conceptual scope to educational contexts and the making of a new instrument for the study of transfer, QPPTA - Questionário de Percepção do Processo de Transferência de Aprendizagens – versão formandos. This is a transfer analysis instrument that can be used in educational settings.
Description: Dissertação de mestrado em Gestão da Formação, apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/18517
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Gisela Oliveira.pdf4.56 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

318
checked on Dec 5, 2022

Download(s)

27
checked on Dec 5, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.