Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/18516
Title: O prejuízo mnésico de devanear em adultos idosos: estudo com o paradigma da diversão
Authors: Resende, Flávia Andreia Soares 
Orientador: Pinho, Maria Salomé
Keywords: Memória, idoso
Issue Date: 2011
Citation: O prejuízo mnésico de devanear em adultos idosos: estudo com o paradigma da diversão.Coimbra,2011
Serial title, monograph or event: RESENDE, Flávia Andreia Soares - O prejuízo mnésico de devanear em adultos idosos: estudo com o paradigma da diversão
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente estudo, com adultos idosos, teve como objectivo primordial analisar se o acto de experienciar uma recordação autobiográfica interfere com a evocação de informação codificada recentemente. Com este propósito, procedeu-se à adaptação do paradigma da diversão desenvolvido por Delaney, Sahakyan, Kelley e Zimmerman (2010). Neste paradigma o participante estuda a primeira lista de palavras, seguindo-se uma tarefa de pensamento diversivo que no presente estudo envolveu a recordação da última festa onde o participante tinha estado; a seguir são apresentadas as palavras da segunda lista e por fim, após uma tarefa distractiva, o participante deve evocar o máximo de palavras de que se consegue lembrar de cada uma das listas estudadas. O principal efeito observado neste paradigma é o decréscimo maior na evocação das palavras pertencentes à primeira lista comparativamente ao que sucede numa condição controlo. A amostra do presente estudo foi constituída por 80 participantes idosos saudáveis, com idades compreendidas entre os 65 e os 69 anos, não institucionalizados, distribuídos equitativamente por dois grupos: grupo experimental (pensamento diversivo a seguir ao estudo da primeira lista) e grupo de controlo (tarefa de rapidez de leitura após o estudo da primeira lista). A ambos os grupos foram também administrados os seguintes testes: Avaliação Cognitiva de Addenbrooke – versão revista, Teste de Associação Visual, Trail Making Test A e B, Código (WAIS – III), Vocabulário (WAIS – III) e Escala de Depressão Geriátrica. Nestes testes não foram encontradas diferenças significativas entre os grupos, excepto na tarefa de emparelhamento do Código, na qual o grupo de controlo obteve uma pontuação média mais baixa relativamente ao grupo experimental. Os resultados observados no paradigma da diversão revelaram maior decréscimo na evocação da primeira lista para o grupo experimental. Assim, a hipótese de que pensar acerca de um acontecimento pessoal passado causa danos, na recordação de informação codificada recentemente, foi apoiada por este estudo.
The current study, with older adults, had as main goal to examine whether the act of thinking about an autobiographical memory interferes with the recall of recently encoded information. For this purpose, the diversion paradigm developed by Delaney, Sahakyan, Kelley and Zimmerman (2010) was adapted to Portuguese older adults. In this paradigm, the participants study the first list of words, followed by the task of diversion thinking which in the present study consisted in remembering the last party where the participant had been; then the second list of words is studied, and finally, after a distraction task, the participant must recall the words of each of the studied lists. The main effect observed in this paradigm is the largest decrease in the recall of words belonging to the first list in comparison with a control condition. The sample of the present study consisted of a 80 healthy elderly participants, aged between 65 and 69 years, non-institutionalized, equally distributed by two groups: experimental group (diversion thougth after the first study list) and control group (speed reading task after the study of the first list). The two groups were also administered the following tests: Addenbrooke’s Cognitive Examination – Revised, Visual Association Test, Trail Making Test A and B, Digit Symbol – Coding (WAIS – III), and Vocabulary (WAIS – III). In these tests there were not found statistically significant differences between both groups with the exception of the Digit Symbol Pairing task of Digit Symbol – Coding test in which the average score of the control group was lower than the one of the experimental group. The obtained results in the diversion paradigm showed a higher decrease in the recall of the first list for the experimental group. Thus, the hyphotesis that thinking about a personal past event causes damage, to the memory of recently encoded information, was supported by this study.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde - Psicogerontologia Clínica), apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/18516
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Flávia Resende.pdf553.16 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

80
checked on Oct 23, 2019

Download(s)

3
checked on Oct 23, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.