Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/18246
Title: Identificação e análise das práticas lúdicas e recreativas em idosos : jogos, brinquedos e brincadeiras de outros tempos
Authors: Gonçalves, Luís Filipe Mateus 
Orientador: Araújo, Paulo Coêlho de
Jaqueira, Ana Rosa Fachardo
Keywords: Idosos; Jogos; Recreação
Issue Date: 2004
Keywords: Idosos; Jogos; Recreação
Issue Date: 2004
Abstract: O presente estudo teve como principal demanda a recuperação de actividades lúdicas, como o brincar e o jogar, praticadas no período de infância das idosas da Praia da Vieira, e caracterizar as condições sociais, políticas e económicas da época, para sabermos se essas interferiam ou condicionavam de alguma forma os divertimentos das crianças. O estudo envolveu dez idosas, com idades compreendidas entre os 65 e os 75 anos de idade, que habitam na Praia da Vieira. Para conseguirmos obter as informações desejadas recorremos ao contacto directo com as idosas. O método de recolha de informação utilizado nesse contacto foi a entrevista semi-estruturada, que incluiu questões sobre a situação social, política e económica do país no período em que viveram a sua infância, e questões relacionadas com os jogos, brinquedos e brincadeiras dessa mesma época, abordando a forma como jogavam e brincavam, quando, onde e com quem jogavam e brincavam, quais os períodos utilizados para jogarem e brincarem e quais os materiais e brinquedos utilizados nos jogos e brincadeiras, respectivamente. Depois da recolha de informações procedeu-se à análise de conteúdo do material resultante das entrevistas, através da categorização, tendo-se chegado à conclusão que as formas de jogar e brincar eram condicionadas por uma discriminação entre sexos que nem sempre permitia às crianças brincarem com quem queriam, nomeadamente, na escola. Uma outra condicionante era a falta de recursos económicos da maioria da população, que conduzia a um aproveitamento das crianças por parte dos adultos para a realização de tarefas domésticas, que por sua vez limitava bastante o tempo dos divertimentos dos mais novos. Os jogos e brincadeiras referidos eram, de uma forma geral, bastante simples e pouco exigentes em termos materiais e organizacionais, pelo que as crianças os aprendiam rapidamente com outros colegas. Os brinquedos utilizados eram também pouco elaborados e, muitas das vezes, aproveitados de outros objectos de uso quotidiano para outros fins, ou então manufacturados pelas próprias crianças ou familiares, uma vez que a crise económica não permitia excessos nas despesas financeiras.
Description: Dissertação de licenciatura apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/18246
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Agradecimentos, Índices, Listas de Apêndices e Resumo.pdf255.67 kBAdobe PDFView/Open
Monografia.pdf800.75 kBAdobe PDFView/Open
Capa da Monografia.pdf12.95 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

247
checked on Aug 20, 2019

Download(s) 5

3,445
checked on Aug 20, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.