Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/17383
Title: Cinética do comportamento da IgA salivar, em resposta a uma tarefa aeróbia - teste de Luc-Léger
Authors: Caseiro, Andreia 
Orientador: Rama, Luís
Keywords: Teste de Luc-Léger; Sistema imunitário; Natação; Vias energéticas
Issue Date: 2005
Abstract: Sendo o objectivo do presente estudo a análise da variação da Imunoglobulina A salivar em resposta ao esforço aeróbio – Teste de Luc-Léger, foram reunidos 12 nadadores do sexo masculino, de nível competitivo nacional, com média de idades igual a 17,03±0,89 anos, com volume de treino médio anual 1450±70,71 km e com 7,08±0,89 anos de competição. O protocolo adoptado incluiu a realização do teste de Luc-Léger (prova progressiva máxima), que permitiu a determinação do VO2máx; recolha de seis amostras de saliva: a primeira antes da aplicação do teste, a segunda 15min após o teste, a terceira e quarta, 1h30min e 2h30min após o teste, respectivamente, a quinta, na manhã do dia seguinte e a sexta 24h pós-teste. Foram também recolhidas micro-amostras de sangue para determinação da concentração de lactato, foi registada a frequência cardíaca e a percepção do esforço, através da escala CR10 de Borg. O tratamento estatístico dos dados compreendeu a análise descritiva (mínimos, máximos, médias e desvios padrão) e o método estatístico Não-Paramétrico (Wilcoxon Test) para comparar os seis momentos. Foi estabelecido um nível de significância de 0,05. Em relação à sIgA, observou-se um declínio altamente significativo (p ‹0,01) 2h30min após ser aplicado o teste. Comparando com os valores iniciais, na manhã do dia seguinte registou-se um aumento significativo (p ‹0,05) da sIgA. Vinte e quatro horas depois da realização do teste, os valores de sIgA regressam para próximo dos iniciais. Quanto aos níveis da srIgA os resultados obtidos foram bastante similares. Ou seja, também se verificou um decréscimo significativo nos 15min (p ‹0.05) e 2h30min (p ‹0,01) ulteriores ao exercício. Entre as 2h30min e a manhã seguinte, os valores de sIgA e de srIgA aumentaram significativamente (p ‹0,01), sugerindo-se que, o intervalo de tempo permitiu que os parâmetros imunitários fossem restabelecidos. No entanto, 24h depois os níveis de sIgA e de srIgA voltam a ser os mesmos que foram registados inicialmente. Em suma, os resultados permitem concluir que, em resposta aguda ao esforço aeróbio (teste de Luc-Léger), parece existir uma supressão do sistema imunitário.
Description: Dissertação de licenciatura apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física
URI: http://hdl.handle.net/10316/17383
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Monografia.pdf708.55 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

187
checked on Sep 29, 2020

Download(s) 20

851
checked on Sep 29, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.