Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/1685
Title: Comportamento mecânico e químico de filmes finos do sistema Ti - AI -(M)
Authors: Ramos, Ana Sofia Figueira 
Orientador: Vieira, Maria Teresa Freire
Keywords: Ciências dos Materiais; Engenharia Mecânica
Issue Date: 2002
Citation: Comportamento mecânico e químico de filmes finos do sistema Ti - AI -(M) Coimbra, ed. aut., 2002, 176 p.
Abstract: O presente estudo visa a produção e caracterização de filmes finos com base no alumineto de titânio g-TiAl, com um teor de alumínio próximo de 48 % at.. Filmes com 0 Os filmes produzidos foram caracterizados de modo sistemático no estado pós-deposição e após tratamento térmico, nomeadamente no que respeita à sua morfologia e estrutura cristalina recorrendo à microscopia electrónica de varrimento e transmissão e à difracção de raios X. A composição química dos filmes foi previamente determinada por microanálise por sonda electrónica Foram ainda calculadas as tensões residuais dos filmes pela fórmula de Stoney, utilizando o raio da curvatura determinado por varrimento laser. Após estudar as características genéricas dos filmes, foi avaliado o seu comportamento mecânico e químico. A dureza e a ductilidade constituem as propriedades mecânicas abordadas no âmbito da presente dissertação. Os resultados dos ensaios de ultramicrodureza e tracção são discutidos em função da composição química e estrutura dos filmes. O estudo do comportamento à oxidação, efectuado recorrendo à análise termogravimétrica, foi complementado por difracção de raios X e microscopia electrónica de varrimento. Os mecanismos que governam a degradação dos filmes finos submetidos a temperaturas elevadas foram estabelecidos admitindo cinéticas do tipo linear e parabólico. As energias de activação envolvidas no processo de oxidação foram calculadas pela equação de Arrhenius. O estudo efectuado permite concluir que os filmes intermetálicos à base de g-TiAl com pequenas quantidades de prata (1-2 % at.) apresentam, à temperatura ambiente, uma ductilidade superior. Com o aumento do tempo de recozimento é possível aumentar o grão até tamanhos da ordem do micrómetro. Em todos os filmes o estado de tensão é pouco significativo. Portanto, parece ser viável os filmes finos de g-TiAl "simularem" o comportamento dos aluminetos de titânio convencionais.
URI: https://hdl.handle.net/10316/1685
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FCTUC Eng.Mecânica - Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s) 50

423
checked on Feb 20, 2024

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.