Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/15462
Title: Análise da estrutura de rendimento em badminton: investigação aplicada ao escalão de sub 19
Authors: Santos, Ângelo Dario Ribeiro dos 
Orientador: Silva, Manuel João Coelho e
Vaz, Vasco
Keywords: Análise do jogo--badminton; Treino de alto rendimento; Rendimento desportivo; Badminton
Issue Date: 2010
Keywords: Análise do jogo--badminton; Treino de alto rendimento; Rendimento desportivo; Badminton
Issue Date: 2010
Abstract: Introdução: A procura de elementos do jogo que possam ser relacionados com o rendimento, em resultado das acções de jogo, na grande maioria das modalidades, é motivo contínuo de estudos e investigações. O objectivo do estudo caracteriza-se pela definição do padrão de jogo de Badminton através de preferências de utilização de gestos técnicos e áreas de batimento, que se encontram associadas ao sucesso desportivo. Metodologia: A amostra para o presente estudo foi constituída por jogadores Sub 19 que participaram na prova de singulares homens na Fase Final do Campeonato Nacional de Badminton, na época 2006/2007. Foram observados 13 partidas. No conjunto de variáveis passíveis de serem analisadas, foram escolhidas, para a realização deste estudo, as seguintes: Zona para onde finaliza; Zona do primeiro batimento; Zona do segundo batimento; Zona dos batimentos realizados ao longo do jogo; Primeiro batimento; Segundo batimento; Batimentos de finalização; Erros não forçados e acções de jogo finalizadas por jogador; Batimentos realizados ao longo do jogo; Batimentos realizados por cada acção de jogo; Batimentos realizados nas diferentes zonas do campo; Média de tempo de acção de jogo; Média de tempo de repouso entre acções de jogo; Tempo de acção de jogo mais longa; Tempo de acção de jogo mais curta; Tempo efectivo de jogo; Tempo de repouso; Número de acções de jogo por jogo. Para a análise comparativa dos dados, recorremos aos procedimentos da estatística descritiva (mínimo, máximo, média e desviopadrão) e percentagens dos diferentes indicadores técnicos do jogo. Resultados: Um jogo de Badminton comporta em média 67,7 acções de jogo e 322,6 batimentos, uma duração efectiva de 5,56 minutos e uma média por acção de 4,8 segundos. O primeiro batimento mais utilizado, em média, é o serviço comprido com 54,8% e o curto com 45,2%, sendo as zonas 6 (25,9%), 5 (23,8%), 1 (23,6%) e 2 (19,8%) as que evidenciam uma maior incidência. Quanto ao segundo batimento, o lob de direita (8,9%), encosto de esquerda (8,6%), clear cruzado de esquerda (6,7%) e remate de direita (5,4%) foram os mais utilizados, privilegiando as zonas 6 (21,4%), 2 (16,5%), 1 (15,3%) e 5 (14,6%). Para encontrar diferença entre vencedores e vencidos verificamos o vencedor em média realiza 19,5% de erros não forçados, contra 26,5% dos jogadores vencidos e nas acções de jogo finalizadas é de 15,7% contra 5,9% respectivamente. Tanto os jogadores vencedores como os vencidos finalizaram mais acções de jogo nas zonas 3 (28,3%;27,6%) e 4 (29,3%;34,2%), respectivamente. Conclusões: Com o nosso estudo podemos concluir que o tempo médio de uma acção de jogo foi inferior ao tempo médio de repouso, o primeiro batimento mais usado foi o serviço comprido, os III jogadores vencidos jogaram mais para a zona 6, enquanto que os vencedores jogaram mais para a zona 1. Os jogadores vencedores cometeram menos erros não forçados e finalizaram mais acções de jogo que os jogadores vencidos, o remate e o remate cruzado foram os batimentos mais usados para finalizar as acções de jogo.
Description: Dissertação de mestrado em Treino Desportivo para Crianças e Jovens (Ciências do Desporto), apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/15462
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese_Mestrado_Angelo_Santos.pdf445.54 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

314
checked on Aug 19, 2019

Download(s) 50

270
checked on Aug 19, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.