Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/15317
Title: Identificação e análise das práticas lúdicas e recreativas em idosos: jogos, brinquedos e brincadeiras dos nossos avôs: um estudo do género
Authors: Caetano, Ricardo Jorge Bastos 
Orientador: Araújo, Paulo Coêlho de
Jaqueira, Ana Rosa Fachardo
Keywords: Idosos; Jogos; Recreação; Brinquedos
Issue Date: 2005
Keywords: Idosos; Jogos; Recreação; Brinquedos
Issue Date: 2005
Abstract: O nosso trabalho de investigação insere-se no domínio dos “Estudos Sócio-antropológicos do Jogo e do Desporto”, abordando o tema “Identificação das práticas lúdicas e recreativas dos Idosos”, centrando-se o objecto de estudo, no reconhecimento dos jogos, brinquedos e brincadeiras praticados por idosos durante a sua infância. Através da nossa pesquisa, concluímos existirem vários autores debruçando-se sobre aspectos relacionados com o jogo e, decrescendo à medida que nos aproximámos dos domínios do brinquedo e da brincadeira, evidenciado-se a este respeito as funções e características do jogo e do brinquedo e a importância da brincadeira. O mesmo estudo, encontra-se delimitado à região de Aveiro, a 14 idosos do género masculino com idades compreendidas entre os 70 e os 85 anos, usufruindo estes dos serviços do Lar e Centro de Dia da Santa Casa da Misericórdia de Aveiro. Como conclusões do nosso estudo, salientamos que os nossos entrevistados viveram no passado, na sua maioria, em zonas rurais e em localidades circunscritas ao distrito de Aveiro, variando os níveis de escolaridade entre o analfabetismo e a obtenção de um curso no Ensino Superior. Relativamente à caracterização das condições sócio-politicas e culturais do país, concluiu-se que os idosos atribuíram pouca importância à situação política, evidenciando ainda a não existência de condicionantes nas actividades lúdicas, a não ser o trabalho. Foram também enumerados uma diversidade de jogos, brinquedos e um menor número de brincadeiras, evidenciado-se quanto aos locais de realização das actividades lúdicas, predominantemente a rua e a sua aprendizagem realizada através de amigos/colegas, realçando-se neste contexto, que as raparigas não jogavam/brincavam às mesmas actividades lúdicas dos rapazes. Quanto ao tempo destinado às mesmas, este variou entre os tempos livres e quando não trabalhavam, tendo o material utilizado uma origem artesanal. Ao nível da construção dos brinquedos, concluímos que na sua grande maioria eram os idosos que os construíam e/ou qualquer um, demonstrando assim o reduzido número de brinquedos comprados e a facilidade da sua construção.
Description: Dissertação de licenciatura apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/15317
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Seminário.pdf382.63 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

294
checked on Aug 21, 2019

Download(s) 20

849
checked on Aug 21, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.