Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/15015
Title: A relação entre D. João de Melo, bispo de Coimbra (1684-1704), e a inquisição
Authors: Santos, Josival Nascimento dos 
Orientador: Paiva, José Pedro
Keywords: Inquisição -- Portugal; Melo, João de, 1624-1704 Bispo de Coimbra -- Inquisição
Issue Date: 2010
Citation: Santos, Josival Nascimento dos - A relação entre D. João de Melo, bispo de Coimbra (1684-1704), e a inquisição. Coimbra : [ed. do autor], 2010
Abstract: A Inquisição portuguesa foi um organismo de grande importância na Época Moderna. Sendo um tribunal político-religioso, teve muito a ver com os bispos das dioceses. Alguns autores afirmam que a relação entre estes dois poderes se pautou por uma cooperação e complementaridade, com pontuais momentos de fricção. Outros defendem que, apesar da boa relação entre eles, essas fricções existiram ao longo do tempo. Todavia, estas interpretações tiveram como base de análise apenas o século XVI e o início do século XVII, não sendo conhecidos outros trabalhos sobre essa mesma relação na segunda metade do século XVII. A questão que se propõe, neste trabalho, centra-se no relacionamento entre um bispo de Coimbra do fim do século XVII, D. João de Melo, e o Tribunal do Santo Oficio. Esta análise desenvolveu-se a partir do conhecimento da figura do prelado, da sua forma de governo na diocese de Coimbra, bem como da atitude do bispo em relação à Inquisição.
The Portuguese Inquisition was an organism of great importance in Early Modern era. Being a political-religious court, it had much to do with bishops. Some authors claim that the relationship between these two powers was marked by cooperation and complementarity, with occasional moments of conflicts. Others argue that despite the good relationship between them, these frictions existed over time. However, these interpretations were based basicly on analysis of only the sixteenth and early seventeenth century. The question proposed in this work focuses the relationship between the Coimbra bishop, D. João de Melo (1684-1701) and the Holy Office. This analysis was based on the analysis of biographical data of the bishop, its action as ruler of the diocese of Coimbra, as well as the attitude of the bishop concerning the Inquisition.
Description: Dissertação de mestrado em História Moderna: poderes, ideias e instituições, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/15015
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de História - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação mestrado_Josival Santos.pdf1.49 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

397
checked on Nov 13, 2019

Download(s) 50

523
checked on Nov 13, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.