Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/14509
Title: Qualidade de vida, saúde mental e desgaste das mães de crianças e adolescentes com condições crónicas de saúde
Authors: Silva, Neuza 
Carona, Carlos 
Canavarro, Maria Cristina 
Keywords: Qualidade de vida; Saúde mental; Desgaste do cuidador; Condições crónicas de saúde pediátricas; Mães cuidadoras
Issue Date: Feb-2010
Publisher: ISPA - Instituto Universitário
Serial title, monograph or event: Actas do 8º Congresso Nacional de Psicologia da Saúde: Saúde, Sexualidade e Género
Place of publication or event: Lisboa
Abstract: Introdução. As condições crónicas de saúde (CCS) pediátricas requerem cuidados adicionais, originando maior sobrecarga aos cuidadores primários destas crianças/adolescentes, papel geralmente assumido pelas mães. Objectivos. (1) Avaliar a qualidade de vida (QdV) de mães de crianças/adolescentes com CCS; (2) analisar as relações entre o crescimento pessoal associado à prestação de cuidados e bem-estar psicológico; e (3) identificar dimensões de desgaste preditoras da QdV e distress psicológico neste grupo de mães. Metodologia. A amostra, recolhida nos serviços de neurologia e alergologia dos HUC e do Hospital Pediátrico do CHC, foi constituída por 48 mães de crianças/adolescentes com CCS (epilepsia ou asma). O protocolo de avaliação incluiu: ficha de dados clínicos e sociodemográficos; Escala de Desgaste do Cuidador; WHOQOL-BREF; e MHI-5. Resultados. Comparativamente ao grupo homólogo da população geral, este grupo de mães apresentou QdV inferior no domínio físico e superior no domínio das relações sociais. O crescimento pessoal correlacionou-se com o bem-estar psicológico. Controlando o impacto da idade e nível socioeconómico das mães e da gravidade da CCS, através da inclusão destas variáveis no 1º bloco da análise da regressão múltipla (stepwise), o desgaste subjectivo revelou-se preditor do distress psicológico, explicando 34,7% da sua variância e 28,8% da variância da QdV no domínio psicológico foi explicada pelo desgaste subjectivo e objectivo. Conclusões. As mães de crianças/adolescentes com CCS constituem um grupo de maior vulnerabilidade ao comprometimento da QdV e saúde mental. Intervenções focadas na redução do desgaste e no crescimento pessoal associado à prestação de cuidados poderão traduzir-se numa melhor adaptação.
URI: http://hdl.handle.net/10316/14509
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Artigos em Livros de Actas

Show full item record

Page view(s) 50

434
checked on Oct 22, 2019

Download(s) 50

178
checked on Oct 22, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.