Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/13160
Title: Competências Mentais, Ansiedade Competitiva e Motivação em Atletas de Basquetebol
Authors: Marques, Sónia Cristina 
Orientador: Ferreira, José Pedro Leitão
Gaspar, Pedro Miguel Pereira
Keywords: Basquetebol; Ansiedade competitiva; Competências mentais; Motivação
Issue Date: 2009
Keywords: Basquetebol; Ansiedade competitiva; Competências mentais; Motivação
Issue Date: 2009
Abstract: O objectivo do estudo é a análise dos níveis de competências mentais, de traço e estado de ansiedade e a orientação motivacional para os objectivos, das correlações entre variáveis psicológicas e das diferenças entre grupos seleccionados de diferentes características demográficas em atletas de Basquetebol. A amostra é constituída por 45 atletas (43 do género masculino e 2 do género feminino), com idade média de 28 anos (M=28.24, DP=8.81), divididos entre 3 equipas do Campeonato Nacional da Proliga de Basquetebol e 3 equipas do Campeonato Nacional da Divisão A de Basquetebol em Cadeiras de Rodas. Os dados foram recolhidos através da aplicação de questionários em dois momentos distintos, treino (Dados Demográficos, SAS-2d, ACSI-28, TEOSQ) e competição (CSAI-2d). A análise descritiva revelou valores de Competências Mentais mais elevados para a dimensão de Ausência de Preocupações (M= 8.22, DP= 2.01) e mais baixos para a Concentração (M= 4.00, DP= 1.55); baixos níveis de Traço de Ansiedade Competitiva, sendo que a subescala mais pronunciada se verificou ao nível das preocupações (M= 11.04, DP= 3.13) e a mais residual ao nível da Ansiedade Somática (M= 7.36, DP= 2.13). Ao nível do Estado de Ansiedade Competitiva, verificaram-se valores substancialmente superiores, sendo que a Autoconfiança se revelou a subescala de valores mais altos (M= 30.71, DP= 4.52), tendo como pólo oposto a Ansiedade Cognitiva (M=19.38, DP=5.22) com os valores mais aquém. Já relativamente à Orientação Motivacional dos Objectivos dos atletas, os valores de Orientação Motivacional para a Tarefa revelaram-se superiores (M= 4.34, DP= 0.52). Através da análise do índice de Pearson, os dados demonstraram a existência de correlações entre Variáveis Psicológicas sendo que, é para o Estado de Ansiedade Competitiva que existe maior número de correlações significativas. Existem também correlações significativas entre Variáveis Psicológicas e Variáveis Demográficas, principalmente com a Idade, com os Anos de Experiência dos atletas e com o tempo de treino. No que se refere ás duas Modalidades, podemos indicar que os atletas de Basquetebol em Cadeira de Rodas apresentam maiores valores para a Ausência de Preocupações e valores significativamente superiores de Estão de Ansiedade Competitiva. O grupo de atletas praticantes de Basquetebol, pelo contrário, apresenta-se significativamente voltado, ao nível da Orientação Motivacional dos seus Objectivos, para o Ego
Description: Disponível em suporte de papel na Biblioteca da FCDEF/UC
URI: http://hdl.handle.net/10316/13160
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Monografia_Sonia_Marques_2009.pdf759.48 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

184
checked on Aug 20, 2019

Download(s)

94
checked on Aug 20, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.