Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/11721
Title: O Teorema da Equivalência Ricardiana: discussão teórica
Authors: Marinheiro, Carlos Fonseca 
Issue Date: 1996
Publisher: FEUC. Grupo de Estudos Monetários e Financeiros
Citation: Estudos do GEMF. 3 (1996)
Abstract: A tese ricardiana sustenta que para um dado montante de despesa pública a substituição de impostos por dívida não tem qualquer efeito na procura global nem na taxa de juro. A dívida pública não tem qualquer efeito riqueza, o que faz com que em termos de efeitos na economia o financiamento da despesa pública por dívida seja equivalente ao financiamento por impostos. Só que a equivalência para se verificar necessita da reunião de um conjunto restritivo de condições. É objecto deste texto a sua avaliação crítica. Discute-se ainda a posição de David Ricardo em relação à equivalência ricardiana, concluindo-se que ele nega a sua validade de facto.
URI: http://hdl.handle.net/10316/11721
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEUC- Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O Teorema da Equivalência Ricardiana.pdf114.79 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

444
checked on Jul 16, 2019

Download(s)

117
checked on Jul 16, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.