Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/109040
Title: Muscular a Compaixão: Estudo Piloto do Impacto do Treino da Mente Compassiva no Bem-Estar Psicológico e na Compaixão numa Amostra Portuguesa
Other Titles: Pilot Study of the Impact of Compassionate Mind Training in psychological well-being and compassion in a Portuguese sample
Authors: Rebelo, Beatriz Oliveira
Orientador: Matos, Marcela Salomé Albuquerque Andrade de
Salvador, Maria do Céu Teixeira
Keywords: Treino da Mente Compassiva; Fluxos da compaixão; Bem-estar psicológico; Compassionate Mind Training; Flows of compassion; Psychological well-being
Issue Date: 21-Jul-2023
Serial title, monograph or event: Muscular a Compaixão: Estudo Piloto do Impacto do Treino da Mente Compassiva no Bem-Estar Psicológico e na Compaixão numa Amostra Portuguesa
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Abstract: O Treino da Mente Compassiva (TMC) tem demonstrado resultados positivos na promoção de bem-estar psicológico e dos três fluxos da compaixão. Porém, os dados empíricos têm-se revelado insuficientes na população portuguesa. Neste sentido, o presente estudo piloto controlado não randomizado pretendeu explorar o impacto do TMC de oito semanas (Irons & Heriot-Maitland, 2020) no bem-estar psicológico e na compaixão, numa amostra portuguesa. Participaram 28 sujeitos do grupo experimental (GE), que realizaram o TMC online, e 28 do grupo de controlo (GC), do tipo lista de espera. Os indivíduos preencheram questionários de autorresposta no pré e pós-intervenção, que avaliavam a satisfação com a vida, os tipos de afeto positivo e o envolvimento, motivação e ação compassivos. Os resultados mostraram que, comparativamente ao GC, o GE revelou aumentos significativos na ação compassiva em relação ao Eu e aos outros, bem como tendências para a significância na compaixão pelos outros total e na satisfação com a vida. Nos efeitos intragrupo, o GE revelou aumentos significativos no afeto positivo de relaxamento, na autocompaixão total, no envolvimento, tolerância ao sofrimento e ação compassivos em relação ao Eu, na compaixão pelos outros total, e na ação compassiva em relação aos outros. Encontraram-se, ainda, tendências para a significância na satisfação com a vida e no envolvimento compassivo em relação aos outros. Assim, este estudo parece revelar dados promissores acerca dos benefícios do TMC no bem-estar psicológico e na compaixão, numa amostra portuguesa, estendendo a investigação anterior e salientando a importância da promoção de atributos e competências compassivos em amostras da comunidade.
Compassionate Mind Training (CMT) has shown positive results in the improvement of psychological well-being and of the three flows of compassion. However, the empirical data have been revealed insufficient in the Portuguese population. The present pilot non-randomized controlled study aimed to explore the impact of eight-week CMT (Irons & Heriot-Maitland, 2020) in psychological well-being and compassion, in a Portuguese sample. There were 28 subjects in the experimental group (CMT), who underwent the online CMT, and 28 in the wait-list control group (WLC). The participants filled self-report measures, at baseline and post-intervention, which assessed satisfaction with life, types of positive affect and compassionate engagement, motivation and action. The results showed that, compared to the WLC, the CMT group revealed significant improvements in compassionate action toward themselves and others, as well as approached significance in compassion for others and life satisfaction. In intragroup effects, the CMT group showed significant improvements in relaxed positive affect, self-compassion, engagement, distress tolerance and compassionate action towards themselves, compassion for others and compassionate action toward others. Approached significance tendencies were also found in life satisfaction and compassionate engagement towards others. Thus, this study seems to reveal promising data about the benefits of the CMT in psychological well-being and compassion, in a Portuguese sample, extending the previous research and underling the importance of promoting compassionate attributes and competencies in community samples.
Description: Dissertação de Mestrado em Intervenções Cognitivo-Comportamentais em Psicologia Clínica e da Saúde apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: https://hdl.handle.net/10316/109040
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat Login
Dissertação finall_Beatriz Rebelo.pdf600.39 kBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

24
checked on May 22, 2024

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons