Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/10662
Title: Avaliação e Caracterização da Aptidão Física nos Adultos do Concelho de Ansião: Estudo Comparativo entre Géneros e Faixas Etárias
Authors: Miguel, Jorge Coutinho Valente Prates 
Orientador: Ferreira, José Pedro Leitão
Gomes, António Carlos
Keywords: Adultos; Qualidade de vida; População adulta; Estilos de vida; Aptidão física
Issue Date: 2008
Abstract: O principal propósito deste estudo foi avaliar e caracterizar a Aptidão Física de uma população adulta pretendendo-se: 1) Averiguar as diferenças encontradas na Aptidão Física dos adultos nas variáveis somáticas e motoras, considerando o género e faixa etária. 2) Analisar as diferenças existentes entre os indivíduos praticantes regulares de exercício físico com intensidade e os que realizam actividade física não regular. 3) Averiguar o desempenho nos testes motores em função da dimensão somática, nomeadamente o índice de massa corporal e o perímetro abdominal. A amostra foi composta por 106 indivíduos, com idades compreendidas entre os 20 e os 64 anos, pertencendo 54 ao sexo masculino e 52 ao sexo feminino. Foram avaliadas como variáveis somáticas, a estatura, o peso, o perímetro abdominal e o IMC e como variáveis motoras, a aptidão aeróbia, a força manual e a flexibilidade. Para a aptidão aeróbia foi utilizado o questionário (modelo de Jackson) na predição do VO2máx., para a força manual o teste da prensa manual (dinamómetro) e para a flexibilidade o teste do “senta e alcança”. As principais conclusões foram: os homens são mais altos, mais pesados e possuem um perímetro abdominal e IMC mais elevado. Na aptidão aeróbia e força manual, os indivíduos do sexo masculino evidenciam níveis de desempenho significativamente superiores em toda a extensão de idades. Na flexibilidade são encontrados valores superiores para o sexo feminino com excepção da faixa etária 30-39 anos. Os indivíduos que praticam exercício físico mais intenso e regular obtêm melhores índices de AF ao nível das componentes aeróbia e muscular. Os indivíduos que possuem valores de IMC na ZSAF, mostram desempenhos superiores na aptidão aeróbia e flexibilidade. A investigação determinou que os indivíduos que apresentam menores índices de gordura abdominal revelam níveis de aptidão aeróbia significativamente superiores. A aptidão aeróbia e a flexibilidade revelam ser as capacidades que mais necessitam de ser incrementadas pela população em termos gerais.
URI: http://hdl.handle.net/10316/10662
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Show full item record

Page view(s)

228
checked on Mar 25, 2020

Download(s) 20

744
checked on Mar 25, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.