Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/106414
Title: Psicopatia vs Sociopatia: comportamento, traços psicológicos, genética, desenvolvimento e tratamento - uma revisão de literatura
Other Titles: Psychopathy vs Sociopathy: behaviour, psychological traits, genetics, development and treatment - a literature review
Authors: Viegas, Sara Isabel Apolinário
Orientador: Gonçalves, Francisco Manuel Andrade Corte-Real
Keywords: Psicopatia; ASPD; tratamento; genética; comportamento; Psychophaty; ASPD; treatment; genetics; behaviour
Issue Date: 25-Oct-2022
Serial title, monograph or event: Psicopatia vs Sociopatia: comportamento, traços psicológicos, genética, desenvolvimento e tratamento - uma revisão de literatura
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: O Transtorno de Personalidade Antissocial e a Psicopatia são dois transtornos de personalidade com impacto negativo significativo na vida do indivíduo e na sociedade. Estes indivíduos são caracterizados pelos comportamentos antissociais e desregrado pelas normas da sociedade. Estes distúrbios encontram-se muitas vezes correlacionados sendo de difícil de distinguir clinicamente um psicopata de um indivíduo com transtorno de personalidade antissocial, tendo em conta que os critérios de diagnóstico são comuns para ambas patologias, sendo que alguns autores consideram ser a mesma patologia. O presente estudo é uma revisão sistemática de literatura, com metodologia de leitura integral de artigos após pesquisa inicial em bases de dados com palavras chaves e critérios de exclusão e inclusão. Ambos distúrbios têm manifestações na primeira infância podendo prosseguir pela adolescência para a vida adulta, sendo caracterizados por uma patogénese multifatorial. Estes indivíduos são impulsivos e tendencialmente violentos. Atualmente, não existe correlação direta entre genoma e fenótipo específico destes transtornos, no entanto existe correlação entre alterações genéticas e o aumento de níveis de agressão e impulsividade. Não existem, atualmente, tratamentos com capacidade de cura apenas de uma possível reabilitação e controlo de sintomas. Há necessidade de continuar a investigação realizada nesta área para melhor se compreender estes indivíduos e como ajudá-los, de forma a reduzir o impacto que os mesmos trazem para a sociedade.
Psychopathy and Antisocial Personality disorder are two personality disorders with significative impact for the life of these individuals and the society. These individuals are characterized by antisocial behaviours and disregard for the society norms. These disorders are many times correlated making it hard to clinical distinguish a psychopath from an individual with antisocial personality disorder, as the diagnostical criteria are often the same for both pathologies, there are even some authors who claim that they are indeed the same pathology. The present article is a systematic review of literature, which started with research in data bases with key-words and exclusion and inclusion criteria for articles, and then proceeded with full reading of the selected articles. Both disorders start in primary childhood and can continue trough adolescense into adulthood being characterized by multifactorial pathogenesis. These individuals are impulsive and tendencialy more violent. Nowadays, there is no direct correlation between genome and a specific phenotype of these disorders, although there is a correlation between genetic modifications and the increase in aggression levels and impulsiveness. As of today, there are no effective treatments to cure these pathologies, treatments only serve to control the symptoms and a possible rehabilitation. There is a necessity to continue the research done in this area for a better understanding of these individuals and how to help them, in a way to reduce the impact that these individuals have on the society.
Description: Dissertação de Mestrado em Medicina Legal e Ciências Forenses apresentada à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/106414
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação_Sara Viegas.pdf932.63 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

47
checked on Sep 18, 2023

Download(s)

26
checked on Sep 18, 2023

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons