Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/10238
Title: Maturação sexual como predita da potência anaeróbia em Jovens Hoquistas do escalão etário 14-16 anos de Hóquei Patins
Authors: Araújo, Ana Catarina Silva 
Orientador: Vaz, Vasco
Silva, Manuel Coelho e
Keywords: Maturação Sexual; Hóquei em Patins; Jovens; Potência Anaeróbia
Issue Date: 17-Jun-2009
Abstract: O presente estudo, comparou as variáveis do teste Wingate com variáveis morfológicas definidas para esta investigação, a maturação sexual dada pela pilosidade púbica, numa amostra de 66 atletas de elite nacionais e internacionais, com idades compreendidas entre os 15,3 e os 15,5 anos. Foram efectuadas medições antropométricas, incluindo a estatura, massa corporal, pregas, índice de massa corporal e a observação por um perito do estádio maturacional. Cada indivíduo realizou o teste Wingate de acordo com o protocolo, tendo sido registados valores relativos à potência anaeróbia máxima e capacidade anaeróbia. Os estudos na avaliação da capacidade anaeróbia no hóquei em patins foram feitos no Laboratório de Biocinética da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física com amostras de atletas de elite do hóquei em patins. Os resultados foram obtidos através da comparação das médias dos grupos recorrendo ao teste t-student. Tendo em conta o peak power e o mean power, absoluto e relativo, verifica-se que os indivíduos adultos jovens apresentam valores superiores aos indivíduos pós-pubertários. Para a comparação das variáveis da maturação com a idade cronológica e posteriormente a idade cronológica e a massa corporal com as variáveis do teste Wingate através da ANCOVA, observamos que para a primeira existem diferenças significativas, enquanto que para o segundo caso deixa de existir devido à massa corporal. Concluímos que ao longo do processo maturacional, no estudo efectuado, existe um aumento do peak power e do mean power e os resultados obtidos são inferiores aos estudos feitos no hóquei em patins e nas corridas de velocidade. Com estes resultados, verificamos que a especificidade manifestada nesta modalidade, não acompanha o processo de treino, nesta faixa etária, o que prejudica as tomadas de decisão em acções curtas de jogo e momentos decisivos nas provas de patinagem.
URI: http://hdl.handle.net/10316/10238
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ÍNDICE GERAL.pdf24.45 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

165
checked on Jun 24, 2019

Download(s) 20

976
checked on Jun 24, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.