Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/99358
Title: Metadados para a descrição arquivística digital: proposta de um modelo para a autenticidade
Authors: Pacheco, André Miguel Pereira
Orientador: Freitas, Maria Cristina Vieira de
Silva, Carlos Guardado da
Keywords: representação da informação; descrição arquivística; metadados; modelo; autenticidade
Issue Date: 19-Jan-2022
Project: SFRH/BD/131004/2017 
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: No decurso do século 21 têm surgido tecnologias de representação de informação baseadas num modelo de dados em grafo, possibilitando a criação de descrições interoperáveis partilháveis no contexto da Web Semântica. Porém, a descrição arquivística, enquanto forma de representação de informação, tem sido tradicionalmente hierárquica, com uma narrativa imposta pelas instituições, uma visão por vezes insuficiente para representar a natureza dinâmica da informação digital que deve ser recuperada à luz de diversos contextos, sendo o seu sentido construído em cada um desses contextos pelos utilizadores. Além disso, a presunção da autenticidade dos documentos de arquivo em contexto digital não deve continuar a ser vista como residente nos documentos em si, devendo antes ser procurada nos metadados que os acompanham. Porém, a compreensão de quais os elementos que constituem a autenticidade dos recursos digitais permanece uma questão difícil, com respostas díspares. Perante estes problemas, procede-se a uma revisão de literatura sistemática e crítica sobre a descrição da informação em arquivos, com um enfoque no contexto digital e na garantia da autenticidade e da confiabilidade. Com base numa análise da literatura científica e da literatura técnica, propõe-se ainda um modelo de metadados para a autenticidade. Assim, é empregue uma metodologia mista que combina métodos qualitativos de seleção de fontes e de investigação documental com métodos quantitativos de engenharia de requisitos de forma a extrair da literatura científica e técnica as bases para a construção do modelo. Conclui-se que as descrições arquivísticas são um dos mecanismos mais importantes para a garantia da autenticidade dos recursos digitais, sendo útil que essa descrição assimile o pensamento pós-moderno e que potencie as capacidades do contexto digital. Também se considera que o conjunto de metadados proposto é adequado e suficiente para essa garantia da autenticidade na maior parte dos contextos.
Description: Tese de Doutoramento em Ciência da Informação apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.
URI: https://hdl.handle.net/10316/99358
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Teses de Doutoramento
FLUC Secção de Informação - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese_Final_entrega.pdfTese de doutoramento10.79 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

300
checked on Nov 28, 2023

Download(s)

280
checked on Nov 28, 2023

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons