Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/963
Title: Dimensões da Indecisão da Carreira : Investigação com Adolescentes
Authors: Silva, José Manuel Tomás da 
Keywords: Orientação Vocacional
Issue Date: 1997
Citation: SILVA, José Manuel Tomás da - Dimensões da Indecisão da Carreira : Investigação com Adolescentes. Coimbra : [s.n.], 1997. 425p.
Abstract: A indecisão da carreira é um tópico da Psicologia Vocacional que tem recebido um destaque especial nas agendas dos investigadores e profissionais interessados em explicar e intervir no comportamento vocacional. As revisões da literatura revelam-nos que a problemática da indecisão é altamente multifacetada e complexa podendo o seu estudo, por isso mesmo, incidir em domínios bastante diversos e especializados. Com a presente tese procurámos contribuir para o esclarecimento da estrutura latente do constructo da indecisão da carreira junto de adolescentes confrontados com a tarefa de desenvolvimento da escolha inicial da carreira. Especificamente, procuramos atingir dois objectivos distintos embora claramente interligados: (1) adaptar para a população Portuguesa um conjunto de procedimentos de medida (escalas de avaliação de auto-relato) representativas do domínio e, (2) formular e, posteriormente, testar a validade de um modelo hierárquico e multifacetado do constructo da indecisão da carreira. No âmbito do projecto de investigação foram conduzidos vários estudos empíricos recorrendo a amostras não-probabilísticas de estudantes do nono ano de escolaridade (N total de 2518 adolescentes). Os resultados obtidos, baseados em duas Análises Factoriais Confirmatórias (AFC) realizadas (CFI's de 0.904 e 0.982 correspondentes, respectivamente, ao estudo preliminar e de replicação), permitem-nos concluir que, do ponto de vista estrutural, o constructo da indecisão da carreira pode ser adequadamente representado por três dimensões obl'quas que avaliam, respectivamente o grau percebido de certeza/confiança na decisão, dificuldades de ordem afectivo-motivacionais (e.g., medo de fazer compromissos, ansiedade decisional) e défices cognitivo-informacionais (e.g., falta de informação sobre os currícula). No final discutem-se, ainda, algumas implicações teórico-práticas, para a consulta vocacional, que decorrem dos resultados alcançados, nomeadamente, no que respeita à avaliação e implementação de estratégias diferenciais de intervenção junto do estudante indeciso.
URI: http://hdl.handle.net/10316/963
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s) 50

541
checked on May 26, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.