Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/952
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSimões, António-
dc.contributor.authorOliveira, Albertina Lima de-
dc.date.accessioned2008-12-04T14:48:26Z-
dc.date.available2008-12-04T14:48:26Z-
dc.date.issued2005-11-08en_US
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/952-
dc.descriptionTese de doutoramento em Ciências da Educação (Educação Permanente e Formação de Adultos) apresentada à Fac. de Psicologia e de Ciências da Educação de Coimbra-
dc.description.abstractNas sociedades que ambicionam estruturar-se, de acordo com o paradigma da educação e da aprendizagem ao longo da vida, tem-se assistido, por um lado, a um questionamento sem precedentes da educação tradicional e, por outro lado, à valorização do conceito de aprendizagem autodirigida, o qual constitui, do ponto de vista de distintos educadores, um dos principais pilares do paradigma referido. A presente dissertação pretendeu alcançar dois objectivos principais: 1) saber se o avanço no ensino superior está associado a uma maior capacidade dos alunos para autodirigirem a aprendizagem e 2) no plano conceptual, desenvolver um conhecimento mais profundo dos diversos factores implicados na prontidão para a aprendizagem autodirigida. Depois de se ter efectuado uma revisão extensa e profunda da literatura da especialidade (a qual abrangeu os cinco primeiros capítulos da dissertação) foram formuladas onze hipóteses bivariadas e uma multivariada. Em relação às primeiras, propusemos que as variáveis psicológicas, tais como a auto-confiança para a aprendizagem autodirigida, a auto-estima, a satisfação com a vida, a autodisciplina, o esforço de realização, a perseverança, o locus de causalidade interno e as crenças epistemológicas, bem como a idade e o nível de estudos (enquanto variáveis sociodemográficas) se encontram significativamente associadas à disposição para a autodirecção na aprendizagem. Em relação à segunda hipótese, considerámos que a capacidade para se ser autodirigido na aprendizagem é complexa e que resulta, directamente, da influência das variáveis psicológicas e, indirectamente, de variáveis sociodemográficas. Para testar as hipóteses formuladas realizou-se um estudo não experimental correlacional, tendo-se recorrido ao método de equações estruturais, com vista a testar a hipótese multivariada. A amostra do estudo foi obtida através de procedimentos aleatórios, ficando constituída por 384 alunos da Universidade de Coimbra (do primeiro ano, de anos avançados de licenciatura, de mestrado e de doutoramento). Quanto ao primeiro objectivo, verificou-se que a capacidade para a autodirecção na aprendizagem dos alunos avançados na licenciatura não é significativamente superior à dos estudantes do primeiro ano, registando-se uma diferença significativa apenas quando se comparam estes últimos com alunos de mestrado e de doutoramento. Relativamente ao segundo objectivo, verificou-se que, efectivamente, as variáveis seleccionadas constituem importantes factores explicativos da capacidade para se ser autodirigido na aprendizagem, exercendo as variáveis psicológicas efeitos directos nessa capacidade e as variáveis sociodemográficas efeitos indirectos.en_US
dc.language.isoporpor
dc.rightsembargoedAccesseng
dc.subjectEducação permanente e formação de adultosen_US
dc.subjectAprendizagem auto-dirigida -- variáveis sociodemográficas e psicológicasen_US
dc.titleAprendizagem auto-dirigida : um contributo para a qualidade do ensino superioren_US
dc.title.alternativeSelf-directed learning: a contribute to the quality of higher educationen
dc.typedoctoralThesisen_US
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
item.languageiso639-1pt-
crisitem.author.deptFaculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, Universidade de Coimbra-
crisitem.author.researchunitCentre for 20th Century Interdisciplinary Studies-
crisitem.author.orcid0000-0001-9521-528X-
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Doutoramento
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Ficheiro_temporario.pdf8.8 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s) 1

1,815
checked on Nov 19, 2019

Download(s)

130
checked on Nov 19, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.