Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/91067
Title: A naturalização do estranhamento: O caso do ruído urbano
Authors: Fortuna, Carlos 
Keywords: Cidade; Modernidade; Ruído
Issue Date: 2020
Publisher: Associação Portuguesa de Sociologia
Serial title, monograph or event: X Congresso Português de Sociologia. Na era da "pós-verdade"? Esfera pública, cidadania e qualidade da democracia no Portugal contemporâneo
Place of publication or event: Lisboa
Abstract: No contexto urbano de hoje, conviver com o ruído deixou de ser surpreendente e inusitado à medida que através de dispositivos sociopsicológicos que o ruído foi naturalizado e tornado banal. Perante a novidade ruidosa da cidade moderna, surgiram argumentos artísticos em prol da domesticação do ruído (Russolo, Álvaro de Campos, Boccioni), a que se juntaram académicos (Simmel e Lessing) a sustentar um espaço sensorial que reavalia o significado dos sons urbanos. Este texto expõe alguns destes contributos e assinala a ausência desta discussão nas agendas de análise sociológica em Portugal.
URI: http://hdl.handle.net/10316/91067
ISBN: 978-989-97981-5-1
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Artigos e Resumos em Livros de Actas

Files in This Item:
File Description SizeFormat
A naturalizacao do estranhamento.pdf614.89 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

72
checked on Jun 10, 2021

Download(s)

36
checked on Jun 10, 2021

Google ScholarTM

Check

Altmetric


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.