Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/88941
Title: Plantas como potenciais biorreatores de vacinas orais
Authors: Reis, Julie Hélène dos
Orientador: Gonçalves, Maria José
Keywords: Vacinas; Administração oral; Plantas geneticamente modificadas; Plantas geneticamente modificadas
Issue Date: Sep-2015
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: As vacinas orais e comestíveis são preparações imunogénicas que contêm antigénios expressos por plantas transgénicas. As vacinas orais oferecem numerosas vantagens quando comparadas com as vacinas injetáveis, principalmente no que concerne ao combate às doenças infeciosas em países em desenvolvimento, devido ao seu baixo custo de produção e à sua fácil administração sem riscos de contaminação. A transformação das plantas transgénicas para a produção de componentes vacinais é conseguida através de vários métodos, entre os quais o mais usado é a transformação genética via Agrobacterium tumefaciens, aos quais se seguem os processos de extração e de purificação, downstream processing (DSP). A formação de novas vacinas orais que usam como biorreatores as plantas e que são, deve considerada juntamente com a probabilidade e severidade de potenciais riscos na sua produção e uso. O sucesso de uso desta tecnologia é altamente dependente na gestão dos riscos pelos fomentadores desta tecnologia, e através de normas qualidade de produção que serão definidas por agências regulamentares.
The oral and edible vaccines are immunogenic preparations containing antigens expressed by transgenic plants. Oral vaccines offer numerous advantages when compared with injectable vaccines, especially with regard to the fight against infectious diseases in developing countries due to its low production cost and easy administration, without contamination risks. The transformation of transgenic plants for the production of vaccine components is achieved through various methods , among which the most used is the genetic transformation by Agrobacterium tumefaciens, to which the following purification and extraction processes , downstream processing (DSP ) . The manufacture of oral vaccines that use as bioreactors plants must be considered alongside the probability and severity of potential risks in their production and use. Successful use of this technology is highly dependent on risk management by developers of this technology, and through quality standards for production, which will be set by regulatory agencies.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/88941
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Mon_Julie Reis.pdf802.87 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

55
checked on May 27, 2020

Download(s)

19
checked on May 27, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.